Setor de telesserviços deve contratar 60 mil pessoas no segundo semestre

Expectativa pode ser explicada pela aumento da demanda devido às festa de final de ano, como Natal e Réveillon

SÃO PAULO – O setor de telesserviços estima que serão abertas 60 mil vagas de emprego no próximo semestre, em todo o País. É o que aponta um levantamento realizado pela ABT (Associação Brasileira de Telesserviços).

De acordo com a entidade, a expectativa positiva pode ser explicada pela aumento da demanda devido às festas de final de ano, como Natal e Réveillon, além do aumento das operações de recuperação de crédito.

Primeiro semestre
Somente no primeiro semestre, as empresas do setor geraram 60 mil postos de trabalho. Entre as regiões, o Sudeste é o destaque, já que aproximadamente 65% das empresas do setor estão localizadas no eixo São Paulo – Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

“Os estados da região Sudeste, especialmente São Paulo e Rio de Janeiro, são os principais empregadores. Mas nas regiões Sul e Nordeste, as oportunidades estão aumentando cada vez mais”, afirma o presidente da entidade, Jarbas Nogueira.

O estudo indica ainda que os principais setores contratantes são as empresas de serviços financeiros, varejo, telecomunicações, seguros, saúde e editora/gráfica.

Perfil dos profissionais
Ao analisar o perfil dos profissionais, a ABT afirma que 80% da mão de obra é feminina e 45% são jovens, entre 18 e 24 anos, que estão em seu primeiro emprego. Em relação à escolaridade, 74% têm o Ensino Médio completo e 26% Ensino Superior.

Devido à demanda, o setor passou a contratar profissionais mais experientes, acima dos 40 anos. Segundo a entidade, geralmente são pessoas que ficaram afastadas por algum tempo do mercado de trabalho e que encontram no setor uma oportunidade de voltar à atividade.