Senador defende sistema único de aposentadorias para serviço público e privado

Além disso, Paim também defendeu aprovação de projeto que vincula reajuste do mínimo a benefícios dos aposentados

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O senador Paulo Paim (PT-RS) defendeu, na última sexta-feira (16), um sistema universal de aposentadorias que beneficie tanto trabalhadores do setor público quanto os do setor privado.

Para o senador, o valor a ser recebido na hora da aposentadoria deveria ser equivalente ao número de salários mínimos tomados como base para as contribuições, enquanto o trabalhador estava na ativa.

Aposentadoria e salário mínimo

O senador também defendeu a aprovação, pela Câmara dos Deputados, do projeto 42/07, que estabelece diretrizes para a valorização do salário mínimo no período compreendido entre 2008 e 2023, além de estender tais reajustes
aos benefícios dos aposentados.

Aprenda a investir na bolsa

De acordo com Paim, caso esse projeto não seja aprovado, no futuro, todos ganharão o correspondente a um salário mínimo de aposentadoria.

Conforme veiculou a Agência Senado, Paim disse ainda que votará a favor da volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), desde que os recursos sejam voltados aos aposentados e pensionistas. “Não contem comigo para qualquer tipo de tributo que venha a ser colocado, se não for para beneficiar os cerca de 25 milhões de aposentados e pensionistas”, afirmou.