Sem fio: profissionais reconhecem importância e já usam tecnologia

Segundo pesquisa, no Brasil, pouco menos da metade dos entrevistados usa equipamentos <i>wireless</I> em <i>home office</i>

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As redes sem fio (wireless) serão importantes para a vida doméstica nos próximos nove anos, principalmente para os usuários que forem trabalhar em casa, segundo responderam 90% dos entrevistados em pesquisa realizada pela Ipsos e patrocinada pela Lexmark International.

De acordo com as 9.000 pessoas que responderam às perguntas pela internet, 40% disseram já possuir este tipo de tecnologia. Entre estas pessoas, 47% disseram que a tecnologia é utilizada para realização de atividades relativas ao home office.

Brasil ainda usa pouco

Pouco menos da metade das pessoas entrevistadas no Brasil utiliza a tecnologia sem fio em casa para trabalhar. De acordo com os dados, 49% das pessoas que responderam à pesquisa disseram contar com a facilidade.

Aprenda a investir na bolsa

A quantia é menor do que a registrada em países como o México (72%) e a África do Sul (63%). O país que mais usa equipamentos wireless para realização de atividades profissionais é a Polônia, com 76%, de acordo com a tabela abaixo:

PaísUso do wireless
Polônia76%
México72%
África do Sul63%
Áustria62%
Dinamarca60%
EUA60%
Alemanha51%
Canadá50%
Austrália50%
Brasil49%
Reino Unido45%
Holanda45%
Espanha44%
Suíça41%
Bélgica28%
Itália14%
Japão14%
França9%