Segundo ministro, País deve ultrapassar número de empregos gerados em 2005

Para Luiz Marinho (Trabalho), se quadro econômico do País se manter, o número de postos de trabalho será maior que 1,253 mi

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – De acordo com avaliação do ministro Luiz Marinho (Trabalho), neste ano o País ultrapassará o número de empregos gerados em 2005, que totalizou 1,253 milhão. Até o mês de julho, o Brasil já teve 1,078 milhão de novos postos de trabalho baseados na contratação formal.

A estimativa de passar os 1,253 milhão do ano passado só será possível se o quadro econômico se manter, com “continuidade do crescimento da economia, que vem tendo desempenho bom”.

Estimativa

Segundo o ministro, a análise do crescimento de empregos deve ser feita na comparação com o mesmo período do ano anterior. Para ele, no início do ano a criação de empregos começa a ganhar peso no mês de março e se estende a abril e maio.

Aprenda a investir na bolsa

Marinho estima que em agosto já começa o processo de geração de novos postos de trabalho, que se estenderá até setembro e outubro. O quadro se inverte nos meses de novembro e dezembro, quando as empresas costumam fazer os ajustes para o final do ano e cortam despesas.