São Paulo concentra maior número de profissionais conectados ao Linkedin

De acordo com dados divulgados pela rede, a capial paulista possui 1,5 milhão de perfis registrados na rede

SÃO PAULO – A cidade de São Paulo é a que mais concentra profissionais com perfil no Linkedin, a rede social com foco no trabalho.

De acordo com dados divulgados pela rede, desde que lançou escritório no Brasil, em novembro do ano passado, a plataforma já consegue identificar o número de usuários nas principais capitais brasileiras, com São Paulo na liderança, ao registrar 1,5 milhão de perfis.

O Rio de Janeiro aparece na segunda colocação, com 492 mil usuários cadastrados na rede. Dentre as capitais pesquisadas, Manaus é que possui o menor número de inscritos – 35 mil -, conforme é possível observar na tabela a seguir:

PUBLICIDADE
Número de usuários por capitais
CapitalUsuários
São Paulo1,5 milhão
Rio de Janeiro492 mil
Belo Horizonte215 mil
Porto Alegre170 mil
Curitiba155 mil
Brasília114 mil
Manaus35 mil

Brasil
Ainda de acordo com o Linkedin, atualmente, a rede possui 150 milhões de usuários cadastrados em todo o mundo, sendo sete milhões apenas no Brasil.

Desde que lançou escritório no país, o Linkedin cresceu em um milhão de novos profissionais, que se utilizam da rede para trocar experiências, ter acesso a informações e ideias para seus negócios.

Para se dar bem na rede, vale seguir algumas dicas:

  • Adicione competências relevantes ao seu perfil, para que ele apareça em pesquisas, quando outros profissionais necessitarem de alguém com as suas características para um projeto, para obter conselhos ou mesmo para uma vaga;
  • Obtenha recomendações. Isso porque, no site, as recomendações espalham-se de forma viral, dando às pessoas que visitam o seu perfil a sensação de quem é você profissionalmente;
  • Complete seu perfil. Muitas pessoas se inscrevem na rede, mas não completam o perfil . De acordo com o site, as chances de ser procurado para oportunidades aumentam em 12 vezes em relação aos profissionais com perfis incompletos.