últimos 12 meses

Salários ofertados têm aumento de 1,8% acima da inflação

Apesar de modesto, foi o primeiro aumento na variação anual depois de quatro meses de desaceleração na alta dos salários

SÃO PAULO – Os salários ofertados apresentaram aumento de 1,8% acima da inflação nos últimos 12 meses, indicou o Índice Catho-Fipe de Salários Ofertados, que acompanha a evolução dos salários oferecidos na página da Catho e a evolução dos salários efetivamente contratados, disponíveis no Caged/MTE.

O aumento do nono mês de 2013 ficou um pouco acima da alta de 1,3% registrada em agosto. “Apesar de modesto, foi o primeiro aumento na variação anual depois de quatro meses de desaceleração na alta dos salários”, informou o estudo. Um ano antes, os salários ofertados registravam aumento médio real de 15,6%, justamente o pico da série histórica iniciada em janeiro de 2010.

Taxa de desemprego
Depois de um leve desaquecimento, o mercado de trabalho apresentou estabilidade em setembro para quem busca um novo emprego. A Taxa de Desemprego Antecipada para o mês, calculada com os dados imediatamente disponíveis na Internet e na base de dados da Catho, foi estimada em 5,3%, a mesma registrada pelo IBGE em agosto e 0,1 ponto percentual menor do que o medido em setembro de 2012.

PUBLICIDADE

A relação entre novas vagas de emprego anunciadas e novos candidatos a um trabalho, medida pelo IVC (Índice Catho-Fipe de Vagas por Candidato), registrou leve alta no mês, após dois meses consecutivos de queda na série dessazonalizada. Em setembro, houve 0,94 vaga por candidato. Esse nível é também maior do que o registrado em setembro de 2012, quando havia 0,80 vaga.

Os Indicadores do Mercado de Trabalho Catho-Fipe, desenvolvidos e calculados pela Fipe em parceria com a Catho, utilizam informações do banco de dados da Catho e de outras fontes da internet.