8,8% maior

Salário mínimo será de R$ 788,06 em 2015

Apesar do aumento, o salário mínimo ainda está longe de ser considerado "ideal"

SÃO PAULO – A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta quinta-feira (28) que o salário mínimo a partir de janeiro de 2015 será de R$ 788,06. O valor é 8,8% maior que os atuais R$ 724.

Miriam entregou hoje o Ploa (Projeto de Lei Orçamentária) ao presidente do Senado, Renan Calheiros, que irá avaliar a proposta até o final do ano, dentro do prazo legal. Segundo ela, a correção teve como base a regra atual, que calcula o valor a partir da variação da inflação do ano anterior, além do desempenho do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes.

O impacto para as contas públicas no próximo ano, segundo a assessoria de imprensa do Planejamento, será de R$ 22,348 bilhões.

PUBLICIDADE

Ainda é pouco
Apesar do aumento, o salário mínimo ainda está longe do “ideal” de R$ 2.915,07, calculado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconômicos) em junho. Segundo o departamento, este é o valor mínimo para suprir as despesas com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

(Com Agência Estado)