quase igual ao nosso?

Salário mínimo na Alemanha é de R$ 4,2 mil; valor é 6 vezes maior que o nacional

Apesar de parecer alto para os padrões brasileiros, cerca de um décimo dos trabalhadores da Alemanha ganha menos que isso

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Na última quarta-feira (02), a premier alemã Angela Merkel estabeleceu o novo salário mínimo de € 8,5 por hora, que deve entrar em vigor a partir de 1º de janeiro de 2015. Isso significa que, por mês, o trabalhador alemão receberá, no mínimo, € 1.360 por mês (ou cerca de R$ 4.248,91, de acordo com a cotação do dia 02 de abril de 2014 do Banco Central).

Apesar de parecer alta para os padrões brasileiros, uma vez que o salário mínimo por lá é quase 6 vezes maior que o nacional (R$ 724) e o brasileiro recebe, em média, R$ 1.507 por mês, cerca de um décimo dos trabalhadores da Alemanha ocidental ganha menos que isso. Na parte oriental, um quarto recebe menos que o novo mínimo.

De acordo com a BBC, o país era um dos sete entre as 28 nações da União Europeia que ainda não tinha um salário mínimo. A medida separa opiniões, partidos conservadores e empresários defendem que o piso poderá impactar os custos e gerar demissões em massa. Já economistas afirmam que salários mais altos na maior economia da União Europeia pode estimular o consumo da população, o que irá promover o crescimento econômico.

Aprenda a investir na bolsa

O piso, no entanto, não valerá para estagiários, trainees, jovens com menos de 18 anos e para quem está desempregado há muito tempo.

Os empregadores deverão reajustar os salários de seus funcionários até a regulamentação entrar em vigor, no primeiro dia do ano que vem. O salário será revisto anualmente a partir de 1º de janeiro de 2018.