Salário médio de profissionais do setor público sobe 30,3% em cinco anos

Dados da Rais mostram que remuneração média nas três esferas de governo foi de R$ 1.655 para R$ 2.158 no período

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O salário médio do profissional que atua no setor público – Federal, Estadual e Municipal – cresceu 30,3% em cinco anos, revelaram dados da Rais (Relação Anual de Informações Sociais), do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego)

A remuneração média passou de R$ 1.655 para R$ 2.158, quando o número de trabalhadores no setor público foi de 7,2 milhões para 8,7 milhões.

A esfera Federal foi a que pagou melhor e mais reajustou os salários no período: a alta foi de 34,5%, passando de R$ 3.901 para R$ 5.247.

Aprenda a investir na bolsa

Na Estadual, a expansão foi de 32,23% no período, quando os salários médios passaram de R$ 1.839,90 para R$ 2.432,81. Já na Municipal, houve alta de 25,27%, de R$ 1.042,77 para R$ 1.306,33.

Destaque  
A maior variação nas remunerações aconteceu entre aqueles com até a 4ª série incompleta, faixa de escolaridade em que houve alta de 42,7% nos últimos cinco anos, para R$ 956,80.

Os salários daqueles com Ensino Médio completo aumentou 24,16%, para R$ 1.595,96, enquanto entre aqueles com Ensino Superior completo, a remuneração média subiu 20,21% para R$ 3.448,31.

O número de profissionais analfabetos no setor público caiu de 46.983 em 2003 para 33.604 em 2008, ano em que aqueles com Ensino Médio somavam 3 milhões e os com Superior completo, 3,12 milhões.

Homens x Mulheres
Os profissionais do sexo masculino, que representam 3,6 milhões, obtiveram a maior remuneração em todo o setor público, com média de R$ 2.580,66 em 2008, ante R$ 1.982,21 em 2003.

Em contrapartida, entre as mulheres, que são 5,1 milhões no setor público, o salário em cinco anos passou de R$ 1.406,24 para R$ 1.806,56.

PUBLICIDADE