Salário médio de profissionais de petróleo e gás ultrapassa US$ 100 mil ao ano

Segundo pesquisa, valor da remuneração no Brasil, normalmente, é pago para posições mais altas nos EUA

SÃO PAULO – A média salarial dos profissionais que atuam na área de petróleo e gás no Brasil ultrapassa os US$ 100 mil anuais, segundo revela pesquisa realizada pela consultoria de recrutamento HAYS, em parceria com o site Oil & Gas Job Search.

De acordo com o levantamento, intitulado “The Oil & Gas Global Salary Guide 2012”, os profissionais do setor no país ganham em torno de US$ 119.600,00 por ano, valor normalmente pago para posições mais altas em empresas dos Estados Unidos, Canadá e norte da Europa.

Já em países como Argentina e Venezuela, o salário anual destes profissionais fica em torno de US$ 68.800,00 e de US$ 75.500,00, respectivamente.

PUBLICIDADE

Para a realidade nacional, o valor representa um aumento de 20% ao ano e reflete, diz o estudo, “o importante investimento realizado pelo país na infraestrutura local”. Na opinião do diretor geral do site Oil & Gas Job Search, Duncan Freer, o Brasil e a América do Sul, como um todo, é um dos lugares de maior destaque para o setor.

“A região tem investimentos significativos e um enorme potencial. A expectativa é que o crescimento continue em 2012”, diz Freer.

Profissionais estrangeiros
Ainda conforme o estudo, que envolveu 53 países e coletou mais de 14 mil respostas, no geral, no último ano, os maiores aumentos ocorreram para profissionais estrangeiros. A média salarial para esses colaboradores, por exemplo, é de US$ 122.600,00 na Colômbia, US$ 109.400,00 na Venezuela e US$ 106.700 para os estrangeiros que atuam no Brasil.

Quanto à contratação, Brasil e Austrália foram os que mais contrataram no último ano, sendo que a confiança dos empregadores também tem aumentado, com 26,7% dos participantes extremamente otimistas com o mercado atual.

“Os campos de exploração do pré-sal estão oferecendo uma série de desafios para os engenheiros da indústria e as empresas não estão medindo esforços para atrair os melhores talentos”, ressalta o diretor global da área de expertise Hays Oil & Gras, Matt Underhill.