Estudo

Salário de tecnológos pode chegar a R$ 4.976 em São Paulo

Estudo do Centro Paula Souza em parceria com a Fipe revela que a remuneração deste profissionais pode ser até 167% superior à paga aos técnicos do Estado

(Shutterstock)

SÃO PAULO – Os profissionais formados pelas Fatecs (Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo) têm mais chances de se dar bem no mercado de trabalho. A constatação faz parte de um estudo do Centro Paula Souza e da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) e foi divulgada na segunda-feira (6).

De acordo com a pesquisa, enquanto a maioria dos tecnólogos (55%) ganha de 3 e 8 salários mínimos, os técnicos recebem de 1 a 3 salários. A vantagem se repete ainda quando o assunto é a absorção destes profissionais pelo mercado.

“A empregabilidade dos formados pelas Fatecs é de 92%. Já a dos formados pelas Etecs (Escolas Técnicas estaduais), de 79%”, informa a pesquisa.

PUBLICIDADE

Vínculo empregatício
Outro dado interessante diz respeito ao vínculo mantido pelos formados das Fatecs. Segundo o levantamento, entre os já empregados, 96,2% têm vínculo formal de trabalho. Nas Etecs, esse número é de 88%.

“A maioria dos formados pelas Etecs encontra-se nas grandes empresas (35,1%), no serviço público (22,3%) e nas companhias de médio porte (19%)”, detalha o estudo.

Os que estão nas pequenas e microempresas, no entanto, correspondem a 13,5% e 9,1%, respectivamente.