Salário de profissionais de TI sobe 20% em 2011, diz Robert Half

Demanda por esse tipo de candidato é puxada por setores como indústria, serviços e mercado financeiro

SÃO PAULO – A alta demanda de setores como indústria, serviços e mercado financeiro por profissionais de TI (Tecnologia da Informação) fez com que a remuneração média dessa classe de funcionários crescesse 20% em 2011.

De acordo com a Robert Half, empresa de recrutamento especializado no mundo, os profissionais seniores são os mais valorizados, pois, além de terem conhecimento técnico, são colaboradores que já incorporaram o fato de que a tecnologia da informação é parte essencial dos negócios.

Salários mais altos
O levantamento da Robert Half, divulgado na última sexta-feira (12), fez uma comparação entre a média dos salários dos profissionais de TI entre o segundo semestre de 2009 e o primeiro de 2010 e a média observada nos salários entre o segundo semestre de 2010 e o primeiro de 2011.

PUBLICIDADE

Nessa área de atuação, o analista de negócios é visto como o profissional que melhor simboliza a consolidação da TI estratégica, uma vez que é responsável por traduzir as necessidades das linhas de negócios em projetos de TI e convencer diretores, por exemplo, com argumentos técnicos de que o projeto é necessário e viável.

A gerente da divisão de TI, Maria Paula Menezes, explica que os profissionais mais valorizados em termos salariais são aqueles que conseguem mesclar a excelência técnica com habilidades de negociação e comunicação. Essa mistura torna os profissionais capazes de integrar a TI com as linhas de negócios de uma empresa, justamente o que as empresas demandam.

Maria ainda afirma que o teto salarial de um analista de negócios no nível de entrada aumentou de R$ 5 mil para R$ 6,5 mil, na base de comparação da pesquisa.

Falta de profissionais qualificados
A pesquisa ainda constatou que profissionais especialistas de ERP (enterprise resource planning) também estão sendo bastante valorizados. As empresas buscam candidatos com profundo conhecimento técnico em sistemas como SAP, para preencher posições nos setores de automação dos processos e também em divisões como área financeira e fiscal.

A valorização desse tipo de recurso humano pode ser explicada, segundo Maria Paula, por conta da escassez de profissionais qualificados, em um ambiente em que a maioria dos que têm tal currículo opta pelo trabalho terceirizado.

Boa comunicação
Os aspectos técnicos são os requisitos básicos para preencher as vagas no setor de TI. No entanto, destacam-se aqueles candidatos que possuem habilidade em comunicação, jogo de cintura, boa capacidade de relacionamento, visão de negócios e atitude voltada à inovação.

PUBLICIDADE

Vale pontuar, segundo a Robert Half, que o conhecimento da língua inglesa é exigência para os que desejam uma carreira em empresas multinacionais no mercado brasileiro.

Também foi observado que os gerentes de TI estão em alta, com demanda elevada pelas empresas. A valorização salarial, no entanto, não foi tão acentuada.