STOCK PICKERS AO VIVO Fernando Fontoura, da Persevera Asset, e Betina Roxo, estrategista chefe na Rico, contam o que esperar da temporada de resultados

Fernando Fontoura, da Persevera Asset, e Betina Roxo, estrategista chefe na Rico, contam o que esperar da temporada de resultados

Saiba quais foram as cidades que mais abriram vagas de emprego em maio

Nas dez primeiras colocações, a única cidade que não é uma capital é Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Maio foi um mês de recorde para o Brasil. Isso porque, no quinto mês do ano, 298.041 brasileiros entraram para o mercado formal de trabalho em novos empregos com carteira assinada, revelam os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego. Mas quais foram as cidades que mais criaram empregos? 

Nas dez primeiras colocações da lista, liderada por São Paulo, a única cidade que não é uma capital é Campos dos Goytacazes. Localizado no Norte do estado do Rio de Janeiro, o município deteve a sétima colocação, e fechou o quinto mês do ano com um saldo de 3.854 novos postos de trabalho.

As dez mais
Confira, na tabela abaixo, a lista das dez cidades que mais geraram emprego em maio:

Abertura de vagas em maio
 Ranking MunicípiosSaldo
São Paulo (SP)23.549
Rio de Janeiro (RJ)9.262
Belo Horizonte (MG)8.247
Fortaleza (CE)5.030
Recife (PE)4.962
Curitiba (PR)4.414
Campos dos Goytacazes (RJ)3.854
Porto Alegre (RS)3.809
Salvador (BA)3.306
10ºBrasília (DF)3.085

Aprenda a investir na bolsa

Pelo país 
Com 189.501 postos de trabalho com carteira assinada abertos em maio, a região Sudeste comandou a geração de empregos no País, uma elevação de 1,02% no estoque de vagas. O estado de São Paulo foi o que mais se destacou, com a abertura de 98.624 vagas de emprego celetistas em maio. A seguir, os estados de Minas Gerais, com a criação de 60.873 postos de trabalho, e o Rio de Janeiro, com 22.250 novas vagas registraram os outros maiores índices.

A região Nordeste respondeu por cinco dos 11 saldos recordes registrados nas cidades. Prova dessa força foi a criação de 45.827 vagas na região, com destaque para a Bahia, com 16.301 vagas criadas, e Pernambuco, com 10.691 novas vagas. 

Já o Sul do País, que registrou 34.080 vagas, inseriu duas cidades na lista dos dez mais: Curitiba (6º) e Porto Alegre (8º). A região Centro-Oeste, que criou 16.674 vagas, teve Brasília como representante, ocupando a décima posição. O Norte, por sua vez, criou 14.959 vagas formais em maio.