Tudo mudou

Saiba o que fazer quando seu melhor amigo se torna seu chefe

Pessoas podem até falar que você "se deu bem", mas está longe disso. Se você não agir com inteligência, pode perder o emprego e a amizade

SÃO PAULO – Em qualquer empresa é normal que você faça boas amizades e ultrapassem as fronteiras do escritório. O problema é que, no trabalho, as amizades podem ser dificultadas por diversos motivos. Um desses casos é no qual seu melhor amigo se torna seu chefe. Isso pode acontecer mais cedo ou mais tarde. Umas pessoas podem até brincar que agora, você “se deu bem”, mas está longe disso. Se você não agir com inteligência, você pode perder o emprego e a amizade.

Confira 8 dicas do que fazer se seu melhor amigo se tornar seu chefe:

1. Entenda que sua relação mudará
Entenda que seu amigo/chefe não poderá ser visto favoritando você. Portanto, é lógico que sua relação vai mudar. Todos têm que sentir que o novo chefe tratará e oferecerá oportunidades a todos igualmente. Se o seu amigo for maduro o suficiente, ele provavelmente se distanciará por si próprio e você precisa suportar essa mudança.

PUBLICIDADE

2. Não lhe peça favores
Se você é amigo de verdade dele, você desviará seu caminho, mas não o colocará em uma posição embaraçosa. Uma hora ou outra, vamos pedir favores para nossos chefes, mas espere um tempo até fazê-lo. Você não quer ninguém comentando que, assim que seu melhor amigo chegou no cargo, você já foi à sala dele pedir favores.

3. Só porque vocês são amigos, você não é o mais eficiente
Seu amigo não escolheu ser seu colega porque você trabalha bem. Se ele fez isso, é porque vocês não têm uma amizade verdadeira. Vocês têm interesses em comum, hobbies parecidos, personalidades que “batem”; porém isso não tem nada a ver com a forma como cada um trabalha. Pode que ser que, de fato, você seja bom; mas não espere que você será tratado e visto como o melhor pelo seu chefe só porque você é amigo dele.

4. Fale sobre a mudança
Ao invés de fazer apenas especulações, poupem-se de futuros problemas e conversem. Chame-o para um café e estabeleça relações profissionais com ele. Mostre para ele que você está disposto a separar a relação de amigo e de funcionário.

5. Não faça fofocas
É claro que todo mundo está querendo escutar você, quer falar com você: afinal você é o melhor amigo do chefe e deve saber uma diversidade de fofocas sobre ele. Jamais divida essas informações. Não pense que porque você tem um trunfo sob seu chefe por saber coisas confidenciais, porque isso pode voltar para você da pior maneira. Você pode perder o emprego e a amizade de for um “leva-e-traz”.

6. Não leve para o pessoal
Agora que seu amigo virou chefe, é provável que ele tome decisões com as quais você não esteja de acordo ou não simpatize. Portanto, não leve essas resoluções para o lado pessoal, porque elas são coordenadas por razões corporativas. Se há algo com o qual você não concorda, sente com ele e trate disso pessoalmente, como você fazia com seu antigo chefe.

7. Não há problemas em dar conselhos
Devido à sua relação próxima com seu chefe, é provável que ele peça conselhos para você. Como mencionado anteriormente, não divida essas informações com ninguém. Você também tem que tomar cuidado que não está repassando informação demais do outro lado também: dos seus outros colegas para seu gestor atual.

PUBLICIDADE

8. Seja profissional
Em geral, esse é o melhor conselho para essa situação. Se você segui-lo, tudo deve funcionar normalmente. Continue fazendo seu trabalho sem pensar demais no assunto e certifique-se de que você não confunda vida pessoal e afetiva (melhor amigo) com o trabalho (chefe atual).

Veja mais matérias de Carreira no Universia.