prepare-se

Saiba como responder as perguntas mais difíceis em entrevistas de emprego

Existem algumas questões que fazem a maioria dos candidatos entrar em desespero

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Todos sabemos que a maioria das entrevistas de emprego seguem uma estrutura básica: o uso de roupas sociais, a presença de um entrevistador e um candidato, algumas perguntas clichês … No entanto, existem algumas questões que, embora feitas numa frequência um pouco menor, são as favoritas de recrutadores mais criteriosos e fazem a maioria dos candidatos entrar em desespero, perdendo suas vagas. Descubra, a seguir, quais são e como responder à essas perguntas de modo a satisfazer o seu entrevistador:

1 – O que você mais se orgulha de ter feito na sua carreira?

Essa é uma pergunta que pega a maioria dos candidatos de surpresa e, pela dificuldade, acaba impossibilitando-os de respondê-la. Este é o momento de deixar a sua modéstia de lado e falar sobre a sua maior conquista. Para não soar arrogante (do tipo “Eu sou o máximo!”), procure falar sobre o que você fez para alcança-la, suas estratégias e o que você aprendeu com ela.

PUBLICIDADE

2 – Por que você quer trabalhar aqui?

Embora essa pareça uma questão fácil, tome cuidado para não cair em clichês. Tente mostrar que você escolheu a empresa, seja pelo seu plano de carreira, objetivos profissionais ou por qualquer outro motivo.

3 – Qual a sua pretensão salarial? Por que você quer este salário?

Atenção! Ao invés de responder algo do tipo “para pagar minhas contas” ou “para ajudar a minha família”, inove: diga que tem tal pretensão salarial porque sabe que gerará resultados, e que a merece porque colaborará positivamente com a empresa. Mostre ao entrevistador que você sabe o seu valor, e que o levará à empresa.

4 – Suponha que as coisas não estejam dando certo… Por quanto tempo você está disposto a tentar se adaptar à vaga e conseguir o sucesso?

Os entrevistadores costumam considerar respostas do tipo “alguns meses” ou “não sei ao certo” ruins. A resposta ideal seria “estou disposto a permanecer na empresa e tentar melhorar pelo tempo que foi necessário. Não desistirei!”. Essa frase o fará perceber o seu real interesse e o tamanho da sua força de vontade.

PUBLICIDADE

5 – Pense num chefe que você teve anteriormente e que não gostava de você. Se eu perguntasse, o que ele diria de você?

Ao contrário do que parece, esse não é o momento certo para se auto-depreciar. Apenas seja sincero, olhe para o passado e veja no que você errou e o que aprendeu.

6 – O que, em sua opinião, era injusto no seu último trabalho?

Não responda que achava tudo perfeitamente justo, porque os entrevistadores acharão que você está escondendo a verdade deles. Mais uma vez, seja sincero, mas procure não comentar o fato com uma perspectiva pessimista, culpando alguém. Procure falar do problema e não se esqueça de dizer como tentou resolvê-lo, pois essa é a parte que eles mais estão interessados em ouvir na sua resposta.

Veja mais matérias de Carreira no Universia.