Saiba como o mercado de trabalho enxerga a sustentabilidade

As empresas que realmente buscam ser sustentáveis valorizam os chamados profissionais "verdes", diz especialista

SÃO PAULO – A palavra sustentabilidade nunca esteve tão em voga como nos últimos tempos. A preocupação dos consumidores com o planeta está fazendo com que as empresas se conscientizem sobre o assunto.

O coordenador da ESPM Social, Carlos Frederico Lúcio, afirma que a sustentabilidade chegou ao mercado de trabalho. “A ideia de sustentabilidade tem sido bastante discutida no meio corporativo. Esse conceito vem evoluindo desde meados dos anos 1990”, afirma.

Já o professor e diretor da JRLages Consultoria, José Roberto Lages, alerta que os profissionais devem ficar atentos, pois algumas empresas se dizem preocupadas com o assunto, enquanto, na prática, a situação é oposta.

PUBLICIDADE

“A sustentabilidade pode ser comparada com o certificado ISO [ISO 9001]. Algumas empresas têm porque acreditam na importância da qualidade. Outras têm para não ficar atrás do concorrente. E têm aquelas que não se preocupam com isso”, alerta Lages.

Profissional sustentável
Lages acrescenta que as empresas que realmente buscam ser sustentáveis valorizam os chamados profissionais “verdes”.

A gerente de Unidade Dignidade do IDORT/SP, Angela Lindegger, afirma que, para ser considerado um profissional sustentável, não basta imprimir o mínimo possível, utilizar a folha frente e verso, trocar os copos de plástico por canecas de porcelanas e se preocupar em apagar as luzes do escritório.

Ela explica que o conceito de sustentabilidade vai além disso. A sustentabilidade leva em consideração se uma ação é economicamente viável, ambientalmente correta e socialmente justa. Segundo a especialista, não adianta considerar somente um dos três patamares. É necessário ter integração entre eles.

“Tem de ir além. Pensar nos 3 pilares em todas as ações. Esse seria o pensamento de um profissional sustentável. Ele concretizaria e colocaria em prática nas suas atividades esse pensamento. O ideal seria que todos os profissionais fossem sustentáveis e as empresas deveriam divulgar esses princípios para todos os colaboradores”, diz.

A imagem 
O profissional considerado sustentável tem uma imagem positiva no mercado de trabalho. De acordo com Lúcio, essa pessoa é considerada bem informada, comprometida e com iniciativa.

“Esse profissional tem vantagem sobre outros profissionais. Eles são comprometidos com o todo, o que inclui a sociedade. Essa é a imagem que eles passam”, afirma o professor da ESPM.

Angela afirma ainda que, se as empresas e os gestores estiverem comprometidos com o assunto, o profissional sustentável é mais valorizado no mercado.