Reunião do Eurogrupo, marcada para a próxima segunda-feira, é adiada

Evento, que discutirá a dívida da Grécia e o segundo programa de resgate ao país, pode ocorrer no decorrer da semana

SÃO PAULO – O presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, disse nesta sexta-feira (3) que a reunião entre os ministros de finanças da Zona do Euro não acontecerá na próxima segunda-feira, como previsto anteriormente. No entanto, ressaltou que ela pode ser agendada para o decorrer da semana, conforme informações na imprensa internacional.

No encontro seria discutida a dívida da Grécia com seus credores privados e o programa de ajuda ao país. Nesta sexta-feira seguem os rumores de que o resgate grego seria insuficiente, levando a estimativas de que os valores teriam que ter um aumento de € 15 bilhões, para € 145 bilhões.

Atualmente, as discussões giram em torno de exigências da União Europeia e do FMI (Fundo Monetário Internacional), como cortes de salários do setor privado, para tornar a economia grega mais competitiva. Em uma carta enviada ao governo grego nesta sexta-feira, o sindicato dos empregados rejeitou as propostas de corte de salários e de parcelamento de salários anuais em 14 parcelas.

PUBLICIDADE

Desta forma, os custos salariais têm surgido como um grande ponto de discordância nas negociações entre o governo e os credores da Grécia, da Zona do Euro e do FMI para um novo resgate no valor de pelo menos € 130 bilhões em empréstimos.