Responsabilidade socioambiental começa pelos funcionários

Atitudes a serem tomadas não são tão complexas como se imagina: basta prestar atenção ao seu comportamento

SÃO PAULO – Diante de tantos problemas sociais e ambientais, as empresas precisam agir de maneira a diminui-los e não agravá-los ainda mais com o processo de produção. Com isso, elas acabarão ganhando visibilidade dos consumidores e serão bem vistas pelos funcionários.

Mas, se a empresa em que você trabalha não contribui de nenhuma maneira para a questão socioambiental, como incentivá-la?

Este é o desafio dos profissionais da atualidade, que não é difícil de ser vencido. Eles terão apenas vantagens, ao colocar no currículo que passaram por uma empresa que possuía essas preocupações, o que resulta em uma boa imagem do funcionário e da companhia.

Começa por você

PUBLICIDADE

“Comportar-se de maneira correta já é o primeiro passo para que a empresa comece a pensar na questão socioambiental”, afirmou a professora da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) e sócia da consultoria em responsabilidade social empresarial Apoena, Andrea Goldschmidt.

Essas atitudes que podem ser tomadas não são tão complexas quanto você imagina. Para quem trabalha com vendas, por exemplo, basta selecionar de maneira correta os fornecedores com quem fecha negócio, como aqueles que pagam todos os direitos dos funcionários e que não sonegam impostos.

Quem trabalha na linha de produção ou nos escritórios pode ficar atento à produção de resíduos, como papéis e plásticos, outra atitude simples do funcionário, mas que faz toda a diferença para o meio ambiente.

Empresas polêmicas

Se você trabalha no segmento de cigarros, bebidas e armas, apesar de eles serem polêmicos por estarem envolvidos com assuntos como a criminalidade ou o vício, isso não quer dizer que os funcionários e a empresa não se preocupam com a questão socioambiental.

“Estes são segmentos legais perante a legislação e os funcionários destas empresas devem ter o comportamento como de outra qualquer”, afirmou Andrea.

Ação social

Nada mais do que a atividade realizada pela empresa para atender às comunidades em suas diversas formas, a ação social dentro da companhia pode surgir de atitudes dos funcionários, a partir da proposta de programas de voluntariado.

“Cada pessoa deve aumentar o próprio nível de consciência e contribuir para uma reflexão na área em que atua”, disse a diretora de Atendimento e Planejamento da KlaumonForma Comunicação, Cláudia Cezaro Zanuso.

Os profissionais devem analisar questões do dia-a-dia nunca antes levantadas e transformá-las com a própria atitude. Dê o exemplo!