Salário

Rendimento médio do trabalhador sobe em junho, diz IBGE

Rendimento médio cresceu nas cinco regiões analisadas pelo estudo na comparação com maio deste ano

SÃO PAULO – O rendimento médio real da população ocupada cresceu em junho, no confronto com o mesmo mês de 2011, nas cinco regiões metropolitanas do País. Os dados, divulgados nesta quinta-feira (26), fazem parte da PME (Pesquisa Mensal de Emprego), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Rendimentos por região
Frente a maio deste ano, das cinco regiões metropolitanas pesquisadas pelo IBGE, houve alta no rendimento médio real da população ocupada em quatro delas.

O rendimento médio real habitual dos trabalhadores na análise regional, em relação a maio, subiu em Recife (2,8%), Salvador (2%), Belo Horizonte (2,3%) e Porto Alegre (1,6%) e apresentou queda em São Paulo (-0,4%). Já na comparação com junho do ano passado, entretanto, o rendimento médio cresceu em todas as regiões.

PUBLICIDADE

Dados incompletos
A Pesquisa Mensal de Emprefo deste mês incluiu apenas as análises de Recife, Salvador, São Paulo e Porto Alegre, e excluiu a análise do Rio de Janeiro. “A coleta dos dados desta região foi preservada, mas não foi possível proceder às etapas de apuração, crítica e análise para a divulgação completa na data prevista no calendário de divulgação, devido à paralisação dos servidores do IBGE”, informou o Instituto.

Em data ainda não definida, os dados completos do mês de junho, incluindo a Região Metropolitana do Rio de Janeiro, serão divulgados.