RADAR INFOMONEY Petrobras (PETR4) pode ter dividendo suspenso após decisão da Justiça; e a nova aquisição do Magalu (MGLU3)

Petrobras (PETR4) pode ter dividendo suspenso após decisão da Justiça; e a nova aquisição do Magalu (MGLU3)

Salário

Rendimento médio do trabalhador sobe em junho, diz IBGE

Rendimento médio cresceu nas cinco regiões analisadas pelo estudo na comparação com maio deste ano

SÃO PAULO – O rendimento médio real da população ocupada cresceu em junho, no confronto com o mesmo mês de 2011, nas cinco regiões metropolitanas do País. Os dados, divulgados nesta quinta-feira (26), fazem parte da PME (Pesquisa Mensal de Emprego), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Rendimentos por região
Frente a maio deste ano, das cinco regiões metropolitanas pesquisadas pelo IBGE, houve alta no rendimento médio real da população ocupada em quatro delas.

O rendimento médio real habitual dos trabalhadores na análise regional, em relação a maio, subiu em Recife (2,8%), Salvador (2%), Belo Horizonte (2,3%) e Porto Alegre (1,6%) e apresentou queda em São Paulo (-0,4%). Já na comparação com junho do ano passado, entretanto, o rendimento médio cresceu em todas as regiões.

Dados incompletos
A Pesquisa Mensal de Emprefo deste mês incluiu apenas as análises de Recife, Salvador, São Paulo e Porto Alegre, e excluiu a análise do Rio de Janeiro. “A coleta dos dados desta região foi preservada, mas não foi possível proceder às etapas de apuração, crítica e análise para a divulgação completa na data prevista no calendário de divulgação, devido à paralisação dos servidores do IBGE”, informou o Instituto.

Em data ainda não definida, os dados completos do mês de junho, incluindo a Região Metropolitana do Rio de Janeiro, serão divulgados.