Dieese

Renda de ocupados na Grande São Paulo cai 1,8% em fevereiro, diz Seade

A renda média real dos assalariados, por sua vez, caiu 1% no período, para R$ 1.919

arrow_forwardMais sobre

O rendimento médio real dos ocupados na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) caiu 1,8% em fevereiro ante janeiro, para R$ 1.903, mostrou Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) divulgada nesta quarta-feira, 29, pela Fundação Seade e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A renda média real dos assalariados, por sua vez, caiu 1% no período, para R$ 1.919.

 

Na passagem de janeiro para fevereiro, a massa de rendimentos dos ocupados caiu 2,2% e a dos assalariados, 1,4%. De acordo com o Seade e o Dieese, em ambos os casos, a retração se deu principalmente devido à diminuição do rendimento médio real e, em menor medida, do nível de ocupação.

PUBLICIDADE

 

Na comparação com fevereiro de 2014, as quedas dos rendimentos médios reais dos ocupados e dos assalariados foram maiores, de 6,3% e 5,7%, respectivamente. Com isso, as massas de rendimentos de ambos também apresentaram recuos mais intensos (-6,5% e -5,3%, nesta ordem). Segundo o Seade e o Dieese, nos dois casos, as quedas decorreram sobretudo de reduções dos rendimentos médios reais.