Redução do IPI e alta nas vendas evitaram demissões no comércio, diz CNTC

Com queda de preços de carros e de produtos da linha branca, cerca de 10% das vagas de emprego foram mantidas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) sobre os carros e linha branca, que diminuiu os preços e aumentou as vendas, evitou demissões no comércio, segundo afirma o presidente da CNTC (Confederação Nacional do Trabalhadores do Comércio), Antônio Alves de Almeida.

Ele ressalta que, sem esse benefício, cerca de 10% das vagas na área poderiam ter sido fechadas. “O desemprego no nosso setor vinha num ritmo muito grande. Se não fosse a redução do IPI certamente teríamos uma redução de cerca de 10% do número de vagas existentes no comércio”, disse.

Repassando o benefício

De acordo com a Agência Brasil, Almeida considera que o empresário que não repassa a redução do imposto para os preços dos produtos perderá em vendas.

Aprenda a investir na bolsa

“A função de evitar demissões e o consequente aumento na recessão foi cumprida. Se o lucro das lojas aumentou, boa parte disso se deve ao aumento do volume de vendas, uma vez que, em termos gerais, a margem de lucro continuou a mesma”, afirma.