PESQUISA

Raiva é a emoção mais influente nas redes sociais

O estudo sugere que mensagens e tweets que demonstrem raiva e irritação diante de notícias e acontecimentos têm mais chances de se tornarem virais

Wasting Time on Facebook and Chat. Cartoon Series
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Quer aumentar o número de retweets e compartilhamentos em suas publicações? Invista em conteúdos raivosos. Pelo menos é o que indica uma pesquisa realizada na Universidade de Beihang, na China.

O estudo sugere que mensagens e tweets que demonstrem raiva e irritação diante de notícias e acontecimentos têm mais chances de se tornarem virais e adquirirem grande difusão. As conclusões foram feitas a partir da análise de 70 milhões de mensagens publicadas por 200.000 usuários na rede social Weibo, uma plataforma de microblog chinesa que se assemelha ao Twitter.

Além disso, os resultados revelam que ao compartilhar sua aversão por algo, sua tristeza ou sua felicidade através do Twitter, provavelmente sua mensagem não atingirá muitas pessoas.

Aprenda a investir na bolsa

Em outras palavras, a pesquisa afirma que as emoções contidas em uma mensagem nas redes sociais afetam a maneira como esta se propaga. O teor da mensagem também tem influência direta sobre o número de interações geradas nas redes sociais.

Veja mais matérias de Carreira no Universia.