Dinheiro

Quer ser um bilionário? Então vá atrás desses 3 fatores

Apenas em 2015, 290 pessoas entraram para o ''clube dos bilionários''

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Hoje existem mais de 1.600 bilionários no mundo, aproximadamente 1% da população. Tendo em vista que em 1991 existiam apenas 270 e, neste ano, mais 290 entraram para o clube, é possível dizer que não é tão difícil assim ser um bilionário.

Com base na história dos bilionários, como Bill Gates e Carlos Slim, o primeiro e segundo homens mais ricos do mundo, o Market Watch separou algumas dicas que provam que se tornar um bilionário não é tão difícil assim.

Confira:

PUBLICIDADE

1. Não seja o melhor, seja o único
Muitos profissionais do mundo financeiro vão te incentivar a ser o melhor, mostrando como crescer como pessoa e como fazer de seu negócio algo “excelente”. As empresas de tecnologia, por exemplo, conseguem registrar suas próprias patentes, o que lhes garante pequenos monopólios.

Na época em que a Microsoft foi fundada, as proteções de patentes ainda não existiam, e coube a Bill Gates cria-las através de contratos legais – e hoje a empresa é uma das maiores do mundo, e seu fundador o mais rico.

2. O pior lugar para criar negócios é o melhor
Embora a maioria das pessoas sonhe em entrar para os grandes mercados de negócios, essa pode ser uma jogada errada pelo simples fato de que os grandes mercados forçam empreendedores a ter preços competitivos – o que não garante muito dinheiro. Por mais que consiga deter uma grande fatia de mercado, a receita não será proporcional.

Procure apostar em um pequeno mercado onde existem chances de ter uma fatia de mercado maior – assim você pode conduzi-lo. Esse é o segredo de Carlos Slim, o segundo homem mais rico do mundo, que ganhou os direitos de monopólio do mercado mexicano de telecomunicações.

3. Você deve ser o dono
Os direitos de propriedade são a base para uma riqueza secreta que normalmente está inclusa na lista da Forbes. Entre as maiores fortunas das economizas avançadas, 75% são atribuídas para fundos de cerca ou direitos de propriedade intelectual. Ao menos um terço das fortunas dos 1.600 bilionários da lista da Forbes que incluem mercados emergentes são provenientes de direitos de propriedade.

A melhor maneira de se tornar muito rico é começar uma empresa com um segredo de riqueza. Nunca foi tão fácil ter uma “nova Apple”, por exemplo, pois tais empresas possuem efeitos de rede. Quanto mais pessoas estiverem conectadas a uma rede, maior ela será. Da mesma forma funcionam empresas de social media, que tendem ao monopólio rapidamente. O único problema desses segredos é que empresas que trabalham dessa maneira tendem a ganhar milhões de dólares em lucros anuais, o que leva suas ações a terem preço alto.