Quer se exercitar e não encontra tempo? Saiba o que fazer

Atividade física regular é importante para dar mais energia ao profissional, mas nem sempre é fácil de encaixá-la na rotina

SÃO PAULO – A prática de exercício físico é importante no cotidiano dos profissionais, pois aumenta a qualidade de vida e o fôlego, evita doenças e dá mais energia, com isso a pessoa tem mais energia para trabalhar, certo? Na teoria, tudo parece bem é simples e fácil, mas na prática, os profissionais não têm tempo para se dedicar as atividades físicas como gostariam.

Uma pesquisa realizada recentemente pelo especialista em Administração do Tempo e Produtividade, Christian Barbosa, revelou quais atividades as pessoas mais deixam de fazer. Entre as quatro primeiras está a atividade esportiva.

Ele explica que o maior empecilho para a prática de exercícios físicos é que o profissional acaba enxergando a atividade como uma obrigação e não como hobby. “É aquela sensação que dá quando pensamos em ir para a academia: “Putz! Que saco ter que sair para malhar!”. Neste caso, o esporte virou obrigação, e assim mais cedo ou mais tarde a pessoa irá desistir.

PUBLICIDADE

Dicas
Para evitar que isso aconteça, ele aconselha que o profissional tenha “experiências de esporte”, ou seja, pensar em uns três ou quatro esportes com os quais haja uma identificação e agendar algumas aulas experiementais. “Veja aquele que realmente lhe proporciona diversão e terá encontrado seu esporte. Quando cansar, repita o processo”.

Outra dica é utilizar os horários que o especialista denomina como seguros. Se a pessoa estabelece horários muito próximos dos horários de trabalho, a chance de acontecer um imprevisto e ter de faltar ao esporte é grande. O ideal, para evitar as desculpas, é fazer o exercício físico em horários alternativos como bem à noite ou logo cedo, sábado e domingo.

Se o problema for o excesso de viagem a trabalho, a orientação do especialista é que a pessoa utilize a academia do hotel em que tiver hospedada ou levar uma corda de pular na mala e fazer uns 20 minutos do seu exercício. “Quando a gente realmente gosta de algo, tempo não é desculpa”.

Por fim, ele aconselha que a prática de exercícios físicos seja bem leve no começo. “Não adianta achar que logo de início você será um campeão de qualquer coisa. Se pegar muito forte no começo, você pode se desestimular. Comece devagar e vá aumentando o ritmo à medida que obtiver resultados. Outra coisa que funciona é estabelecer um objetivo para os primeiros seis meses de sua atividade física, como perder tantos quilos ou correr determinada distância”.