Carreira

Quer mudar de emprego? Veja o que levar em conta antes de tomar uma decisão

A dúvida sobre o que fazer nesses casos é uma questão sem respostas: vale a pena tomar uma atitude radical ou ser mais racional?

SÃO PAULO – Não são poucas as pessoas que estão insatisfeitas com seu emprego atual. E essa situação pode levar muitas pessoas a tomar decisões precipitadas e, possivelmente, prejudicar-se em sua carreira.

Por esses e outros problemas, a dúvida sobre o que fazer nesses casos é uma questão sem respostas: vale a pena tomar uma atitude radical ou ser mais racional? “É necessário muito cuidado nesse momento, pois nem sempre estamos preparados para mudanças bruscas. Mas, se a decisão de largar tudo imediatamente já está tomada, é bom que as contas estejam organizadas. O ideal é ter uma reserva suficiente para sobreviver por dois anos”, afirmou o coach Maurício Sampaio.

Segundo o especialista, o ideal seria promover as mudanças gradativamente, ainda empregado – o que vai criar uma espécie de dois planos, um já em funcionamento e outro em construção. “É importante que se estabeleça uma data para o início da nova etapa, assim você já cria um compromisso com você mesmo”, disse.

PUBLICIDADE

Além disso, é importante ter o lado financeiro em ordem: equilibrar as receitas e despesas. Para começar uma nova carreira ou profissão é preciso ter recursos para manter-se por um período. Sampaio lembra que é preciso levar a transição como um projeto pessoal, tendo planejamento e organização.