Quer guardar dinheiro? Trabalhar em cruzeiros pode ser a solução

Isso porque, segundo especialista, trabalhar em um navio pode render de US$ 600 a US$ 2 mil livres por mês

SÃO PAULO – Quem está com dificuldades para guardar dinheiro, mas gostaria de juntar uma grana para comprar a casa própria ou abrir o próprio negócio, pode ter nos cruzeiros marítimos uma boa oportunidade.

Isso porque, segundo a diretora executiva da Infinity Brazil, Jerusa Pedrosa, agência de recrutamento para trabalho em cruzeiros marítimos, trabalhar em um navio pode render ao profissional, no primeiro contrato, de US$ 600 a US$ 2 mil livres por mês, já que o salário é isento de impostos e o trabalhador tem todas as despesas pagas durante a vigência do contrato.

“Os trabalhadores têm tudo incluso, moradia e alimentação, além de assistência média e seguro de vida. O salário é livre, não incidindo nenhum imposto, já que as pessoas são contratadas por leis internacionais, que variam conforme a bandeira do navio”, explica.

Rotina
Apesar de tantas mordomias, a rotina de quem trabalha em um navio não é fácil, alerta a gerente. A carga horária é, em média, de 390 horas por mês, sendo que os profissionais trabalham sete dias por semana.

“O regime é de banco de horas. A pessoa tem de fazer em torno de 390 horas por mês. Não há folgas, mas há dias que o profissional pode fazer menos horas, por exemplo”.

No que diz respeito ao contrato, eles duram de seis a oito meses, sendo que, em geral, os profissionais que se saem bem são recontratados após tirarem dois meses de férias.

Exigências
Ainda segundo Jerusa, quem pretende disputar uma vaga em um cruzeiro marítimo deve ter entre 18 e 35 anos, experiência anterior na área de atuação e inglês fluente, sendo que este último requisito é essencial, já que o processo seletivo é todo feito em inglês.

No caso dos brasileiros, os profissionais mais demandados são os da área de serviços e entretenimento, sendo que para as áreas de engenharia e comando os profissionais do Brasil não são recrutados, por conta da falta de cursos específicos no País, informa a especialista.

Próxima temporada
Para a temporada 2010/2011, a Infinty informa que as contratações já começaram e os interessados devem preencher um cadastro no site da empresa (www.infinitybrazil.com.br) até o dia 18 de abril. A empresa, por exemplo, possui neste momento 1500 vagas em áreas como restaurante, bar, limpeza, recreação e fotografia, além de cabeleireiro e massagista com noções em manicure.

PUBLICIDADE

Na última temporada, foram contratados cerca de 2 mil jovens, sendo que neste ano o número de contratados deve aumentar por conta do sucesso que o mercado de cruzeiros tem atingido no Brasil.