Conteúdo Patrocinado
Oferecido por

Quer ganhar R$ 176 mil por ano? Escritório do G20 da XP está contratando gerentes de bancos alta renda

SVN Investimentos busca profissionais qualificados para aumentar a equipe

arrow_forwardMais sobre

O mercado financeiro atrai muitos profissionais, seja pela boa remuneração ou pela ascensão rápida de carreira. Mas uma profissão está sendo especificamente demandada: o gerente de banco especializado em alta renda.

O time da SVN Investimentos, um dos vinte maiores escritórios filiados à XP Investimentos, está em busca desse profissional. Lidiane Tavares, assessora de investimentos do escritório, trabalhou como gerente de banco durante 15 anos, não se arrepende da transição.

“É a profissão do futuro, os bancos não são tão seguros em relação à carreira quanto antes. Para aqueles profissionais que pensam em empreender, gerir sua vida e seu tempo e contribuir diretamente para o crescimento econômico do brasileiro, agora é a hora para mudar [de gerente para assessora de investimentos]”, afirma.

PUBLICIDADE

Segundo ela, o cenário econômico está favorável para atrair novos clientes. “Com a taxa de juros baixa, o cliente busca por alternativas. Por isso, quando eu [assessora de investimentos] apresento o portfólio que a XP oferece, o investidor vê como diferencial. Ao menos quer tentar algo novo, o que é bem positivo”, diz.

Além disso, Lidiane afirma que a profissão tem muito espaço para crescer e, o quanto antes o profissional entrar nesse cenário, mais chance tem de se destacar. “É um mar de oportunidades. Estou empenhada em ajudar a trazer novos gerentes. O mercado ainda não está saturado, quanto antes você chegar, melhor”, afirma.

Mundos totalmente diferentes? Não exatamente

Muitas pessoas podem pensar que o gerente de banco e o assessor de investimentos não tem nada em comum, já que um está atrelado à instituição financeira e o outro é independente.

No entanto, muitas habilidades usadas pelo gerente podem ser aproveitadas no mercado financeiro.

Renata Alves Gandini Milanezi trabalhou em bancos por 20 anos e recentemente trocou a carreira como gerente para ser uma assessora na SVN Investimentos. “Só não vivo me perguntando por que eu não fiz essa transição antes na minha vida, porque acredito que acontece tudo na hora certa”, afirma.

Segundo ela, se o gerente tem um bom networking, atende bem o seu cliente e é honesto, “não tem como dar errado”.

Entre as vantagens de se tornar assessor de investimentos, Renata entende que a carteira reduzida de clientes é uma delas. “Hoje temos uma média de 80 clientes por assessor. Isso é um diferencial, porque consigo atender melhor cada um. Em 20 dias, eu consigo ligar e entrar em contato com todo meus clientes, isso fideliza. Quando eu saí do banco, eu tinha uma carteira com cerca de 400 clientes”, explica.

Ela também destaca que como assessora pode fazer o que realmente é bom para o cliente e não para o banco. “Minha remuneração depende da minha carteira de clientes, por isso sempre busco o melhor para quem atendo”, diz a assessora.

Há quatro meses na assessoria, Renata afirma que ganha mais dinheiro do que ganhava no banco. “Eu trabalho mais, mas é mais leve. A cobrança é pessoal. No banco, eu brincava que no final do mês eu queria ser abduzida. O último dia do mês era o pior dia da vida. Aqui eu nem vejo que dia é”, afirma.

A SVN possui proporcionalmente um alto número de custódia, para um número baixo de assessores. Por isso, hoje é um dos escritórios que melhor remunera seus agentes autônomos. No último ano, os 40 assessores receberam juntos mais de R$ 6 milhões em salários.

“No banco, eu tinha um salário fixo e meus bônus variava conforme as metas. Mas por exemplo, se eu batia minha meta, mas minha agência não, eu não tinha bônus. Por aqui tudo depende de mim. Fica sob meu controle, então, a oportunidade de ganho é muito maior”, complementa Lidiane.

Outro diferencial é em relação ao horário. Ambas afirmam que hoje têm mais tempo para a família, para si mesmas e para o trabalho, porque elas que administram seu tempo.

Lidiane explica ainda que a habilidade comercial é crucial para ser assessor, e o gerente de banco já tem essa característica. “Você precisa investir no relacionamento com os clientes, precisa ter empatia, falar bem, saber lidar com pressão, ter jogo de cintura, entre outras coisas que nós como ex-gerentes já estamos acostumados. É um passo à frente”, diz.

PUBLICIDADE

Ou seja, o gerente do banco está em um lugar onde suas habilidades são consideradas padrão e por vezes não é valorizado, sendo que pode mudar para uma área em que vai ganhar mais, ter uma qualidade de vida melhor e mais liberdade para atuar ajudando os brasileiros, segundo Lidiane.

Por que o gerente do banco não quer tentar uma carreira melhor (e porque deveria)

O maior desafio hoje para o gerente de banco mudar de vida é superar o receio de sair um trabalho CLT e, supostamente mais estável, para um contrato pessoa jurídica em que tudo depende de você, de acordo com Renata.

“Para os meus ex-colegas de trabalho eu aconselho: o sol o brilha lá fora e vocês estão perdendo tempo de não vir para esse lado do jogo. O bancário tem a ilusão de que todo dia 30 o dinheiro entra na conta, junto vale alimentação e plano de saúde. Mas o que ele vai ganhar como assessor cobre tudo isso também”, alerta.

Lidiane concorda e acha que receio de migrar para o mercado deve acabar. “Muitas pessoas acham que estão trocando algo seguro por algo incerto. Mas é uma oportunidade. Precisa virar a chave”, diz.

Ela revela que tinha uma carteira de 110 milhões em 5 anos de trabalho na última instituição em que esteve, enquanto na SVN em três meses está chegando em 30 milhões, com 40 clientes. “No banco, eu sentia que o cliente não era meu, era da instituição. Agora, como assessora você vai criando relações cada vez mais fortes e isso vai trazendo ainda mais clientes”, afirma.

Hoje, a SVN Investimentos tem um Net Promote Score (NPS), índice que mede a satisfação do cliente, médio bastante alto de 87,5 pontos em um total de 100 pontos. Com o R$ 1,8 bilhão sob custódia, o escritório tem a expectativa de contratar mais 20 assessores, com foco em gerentes de banco.

Quer fazer parte do time de assessores da SVN Investimentos? Clique aqui e também assista um vídeo com a Lidiane Tavares. 

Importante: A publicação acima é um conteúdo patrocinado, sendo que a Infostocks Informações e Sistemas Ltda. (“InfoMoney”) não tem qualquer responsabilidade pelo conteúdo e informações disponibilizadas, não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. O autor ou empresa responsável pelo conteúdo estão indicados na própria publicação.