Quer empreender? Feira de franquias pode render boas dicas!

Para isso, você deve notar quais empresas são idôneas, se elas se adequam ao seu perfil e quais são organizadas

SÃO PAULO – Para o profissional que deseja se tornar empreendedor, mas quer segurança, escolher uma franquia pode ser uma boa opção, já que a marca é reconhecida.

Neste caso, para saber se o seu perfil está de acordo com o tipo de negócio escolhido, participar de eventos como feiras pode ser uma boa opção. Nelas, você procurará os assuntos que mais o interessam para fazer a escolha correta.

Idoneidade

A empresa que se expõe neste tipo de evento tem mais chances de ser idônea do que aquela que somente conta com um site na internet. Afinal, empresas fraudadoras sequer conseguiriam se inscrever em feiras como estas, muitas vezes organizadas por associações de franquias.

PUBLICIDADE

Por isso, o evento pode ser um bom negócio para que você acerte na empresa. Além da idoneidade, também repare na notoriedade da marca, dados estatísticos, números, nos registros de patentes e se colocam tudo o que prometem em documentos.

Organização

Se não se sentir bem atendido no primeiro contato com a franquia, as chances de você e ela se entenderem podem ser mínimas. Neste tipo de evento, repare como os profissionais da empresa lhe tratam e se existe algum contato comercial acessível.

Estes itens são essenciais para a escolha entre duas franquias. É melhor investir em um negócio no qual você poderá contar com ajuda quando tiver problemas.

Respeito pelas regras

De acordo com a consultora jurídica especialista em franquia empresarial, Melitha Novoa Prado, nas feiras, as empresas devem apenas distribuir folhetos e peças publicitárias, mas muitas delas entregam a COF (Circular de Oferta de Franquia), documento para concretização do negócio e que não deve ser distribuído neste ambiente.

“A feira é um momento de exposição e não de venda – dica, aliás, que se aplica aos franqueadores. O investidor não deve assinar nenhum documento na feira, ele deve conhecer as marcas, saber de suas intenções de expansão, comparar valores de investimento e optar pela melhor relação custo-benefício”, disse a consultora.

Cuidado

A feira é apenas um primeiro contato e, por mais que lhe diga muito sobre a empresa e o negócio, você precisa pensar bastante antes da escolha que fará parte de sua vida por muitos anos. Pegue os contatos e deixe a decisão para um outro momento, pois o evento deve servir apenas para coletar informações.