AO VIVO Rodrigo Furtado, da XP Asset, fala sobre uma oportunidade no mercado de ações

Rodrigo Furtado, da XP Asset, fala sobre uma oportunidade no mercado de ações

Quem é o profissional de Employer Branding?

Trata-se de um colaborador híbrido e multitarefa, que consegue compreender a organização de dentro para fora e também de fora para dentro

SÃO PAULO – Segundo o diretor de Desenvolvimento Organizacional da Caliper, George Andrew Brough, o profissional de employer branding consegue mesclar a importante função de divulgar a empresa para o mercado, por meio de ações de marketing, disseminando uma boa imagem dela e, ao mesmo tempo, atrair os melhores profissionais das mais diversas áreas que, ao admirar a organização, têm vontade de trabalhar para ela.

“Imagine um profissional em sua empresa que entenda suas necessidades e consiga buscar, no mercado – utilizando-se da boa reputação organizacional -, colaboradores com potencial para alcançar metas e conquistar negócios promissores. Esse profissional existe e atua na área de employer branding”, explica Brough.

Ele explica que se trata de um profissional híbrido e multitarefa, que consegue compreender a organização de dentro para fora e também de fora para dentro.

Cuidados na contratação

PUBLICIDADE

Ainda pouco comum no Brasil, a contratação de profissionais de employer branding é mais usual nos Estados Unidos. Eles estão, geralmente, presentes em eventos, feiras, universidades e escolas de negócios, com o objetivo de captar os profissionais mais disputados pelo mercado.

No entanto, antes de contratar um profissional de employer branding, é importante que a empresa esteja ciente da importância de sua função, para que esta seja desempenhada de forma ética e transparente.

“Dizer, por exemplo, que todo mundo trabalha em equipe e querer transmitir isso para o mercado, quando, na prática, não é o que acontece, poderá mais atrapalhar o trabalho do profissional de employer branding do que ajudar. Com o tempo, pode ser gerada uma imagem contrária e indesejável para a organização”, garante Brough.

“Contar com o apoio dos serviços de employer branding facilita o trabalho da empresa na busca dos funcionários mais competentes, com bom histórico de carreira, potencial para alcançar resultados e, principalmente, força de vontade para desenvolver competências que irão promover seu crescimento profissional e, como consequência, gerar saldos positivos para a organização. Estamos na era do employer branding!”, finaliza o diretor de Desenvolvimento Organizacional da Caliper.