dinheiro ainda é o preferido

Quase 80% dos brasileiros prefere pagar em dinheiro, revela pesquisa

Segundo o levantamento da CNI, o dinheiro é mais utilizado pelas pessoas de renda mais baixa (até 10 salários mínimos)

SÃO PAULO – A maioria dos brasileiros prefere pagar as contas em dinheiro. De acordo com  pesquisa divulgada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria),  quatro em cada cinco brasileiros (ou 78%) optam pelo dinheiro como principal forma de pagamento.

Segundo o levantamento, o dinheiro é mais utilizado pelas pessoas de renda mais baixa. Quase 90% dos entrevistados com até um salário mínimo de renda familiar preferem esta forma de pagamento, contra apenas 38% entre aqueles com mais de 10 salários mínimos. Os pagamentos são utilizados para comprar alimentos, produtos ou serviços.

 Em segundo lugar aparece o cartão de crédito, com 13%. Em contrapartida ao dinheiro, no qual a classe baixa predomina, apenas 9% das pessoas com até um salário mínimo utilizam o cartão.

PUBLICIDADE

 Já o cartão de débito aparece em terceiro lugar com 6% de preferência. O cheque e o vale-alimentação aparecem empatados com 1% cada.

Produtos e serviços financeiros
Ainda de acordo com a CNI, apenas 12% da população não utilizaram serviços bancários nos últimos 12 meses, enquanto 76% utilizaram o serviço de pagamento de contas no período.

Em segundo lugar vem o cartão de crédito, com 27%. Essa taxa aumenta quanto maior o nível de escolaridade (52% com ensino superior, contra 14% até a 4ª série do fundamental) e a renda familiar do respondente (68% com mais de 10 salários mínimos contra 12% até um salário mínimo).

Já entre os que utilizam os serviços bancários, apenas 15% adotam a internet como um modo alternativo de serviço bancário. Ainda no mesmo grupo, 93% das pessoas usam o atendimento bancário pessoal, enquanto que 68% utilizam o auto-atendimento.