Custo de vida

Quanto tempo é preciso trabalhar para pagar um Big Mac? Veja a resposta para 22 cidades

Em Hong Kong um trabalhador local precisa de 11,8 minutos de trabalho para pagar seu lanche, enquanto um paulista precisa de quase uma hora

SÃO PAULO – Receber um salário alto pode não significar muita coisa se o custo de vida do lugar em que você mora for muito elevado. Ao checar as cidades com o maior custo de vida do mundo, o banco UBS também levantou o tempo necessário para que um trabalhador tenha dinheiro suficiente para pagar um Big Mac.

O levantamento feito em 77 cidades ao redor do planeta aponta que Hong Kong tem o Big Mac “mais barato”, uma vez que um trabalhador local precisa de 11,8 minutos de trabalho para pagar seu lanche. 

Veja as 10 cidades em que é preciso trabalhar menos por um Big Mac:

CidadeMinutos trabalhados
Hong Kong (China)11,8
Taipei (Taiwan)12
Tóquio (Japão)12,2
Luxemburgo (Luxemburgo)13,1
Auckland (Nova Zelândia)13,3
Zurique (Suíça)13,4
Los Angeles (EUA)13,6
Miami (EUA)13,9
Chicago (EUA)14
Sidney (Austrália)14,5

PUBLICIDADE

Fonte: Banco UBS

Na outra ponta, a cidade com o Big Mac mais caro quanto comparado com a remuneração da força de trabalho é Nairobi, onde é preciso trabalhar por 1h10 para conseguir comprar um lanche do Mc Donald’s.

Veja as 10 cidades em que é preciso trabalhar menos por um Big Mac:

CidadeMinutos trabalhados
Kiev (Ucrânia)58
Manila (Filipinas)61,9
Bogotá (Colômbia)64,3
Istambul (Turquia)66,5
Jacarta (Indonésia)82,9
Cidade do México (México)86,8
Mumbai (Índia)88,1
Nova Delhi (Índia)90,5
Lagos (Nigéria)99,8
Cairo (Egito)101,2
Nairobi133,8

Fonte: Banco UBS

Sentiu falta de cidades brasileiras? Ficamos de fora da lista da 10 cidades com pior remuneração por pouco. Para comprar um Big Mac no Rio de Janeiro é preciso trabalhar por 56,7 minutos, conforme o salário médio local. Em São Paulo, sai um pouco mais barato, com 52,5 minutos.