AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CEO da GPC divulga e comenta os resultados da empresa no 3º trimestre

Por Dentro dos Resultados: CEO da GPC divulga e comenta os resultados da empresa no 3º trimestre

Quanto maior a escolaridade, maior a jornada de trabalho, diz estudo

Pesquisa do Ipea revela ainda que os paulistas tiveram, em 2007, a maior média semanal de trabalho do País

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Estudo realizado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) constatou que quanto maior o grau de escolaridade do trabalhador brasileiro, maior a jornada de trabalho.

Em 2007, a menor jornada média de trabalho semanal, no caso de 36,2 horas, era dos trabalhadores com até um ano de estudo. Já a maior jornada média de trabalho, de 40,5 horas semanais, foi exercida pelos profissionais com oito a dez anos de escolaridade.

Segundo o estudo, o baixo dinamismo econômico, acompanhado pela elevação do desemprego e da queda de remuneração do trabalho, terminou impondo a muitos ocupados a ampliação do horário de trabalho, assim como a aceitação de qualquer horário de trabalho, por menor que essa jornada seja, como estratégia de sobrevivência.

Estados e a jornada de trabalho semanal

Aprenda a investir na bolsa

Em 2007, o brasileiro trabalhou, em média, 39,4 horas por semana, o que representa uma redução de 10,7% na carga horária média semanal trabalhada pelos ocupados em relação ao ano de 1988, de 44,1 horas semanais.

Os paulistas tiveram, em 2007, a maior jornada média de trabalho semanal (41,9 horas). Em seguida, surgem os estados de Santa Catarina (41,1 horas), Goiás (41 horas) e o Distrito Federal (40,8 horas).

Por outro lado, os piauenses são os ocupados com a menor jornada média de trabalho semanal (31,1 horas). Logo depois, aparecem os estados do Maranhão (35,1 horas), Acre (35,8 horas) e Rondônia e Bahia (36,6 horas).

Mulheres x homens

Além disso, a pesquisa constatou que, entre 1988 e 2007, as mulheres ocupadas tiveram uma queda de 11,1% na jornada média semanal de trabalho. Enquanto que os homens, no mesmo período, sofreram uma redução de 10%.

Atualmente, a jornada média semanal de trabalho das mulheres é de 35,1 horas. Já a dos homens é de 42,6 horas.

Idade

Com relação à idade, no ano de 2007, os trabalhadores com mais de 24 até 40 anos apresentavam a maior jornada média semanal de trabalho, com 41,1 horas. Em contrapartida, os ocupados com mais de 55 anos de idade registram a menor carga média semanal de trabalho, com 35,4 horas.

PUBLICIDADE

Os trabalhadores de até 24 anos, no mesmo período de análise, tiveram uma jornada média semanal de trabalho de 37,1 horas e os ocupados com mais de 40 anos até 55 anos de idade registraram uma carga média semanal de trabalho de 40,5 horas.