Quanto custa fazer uma pós-graduação?

Se você optou por este caminho, deverá estar ciente do quanto terá que investir, tanto em dinheiro como em esforço pessoal. Confira nossas dicas!

SÃO PAULO – A decisão está tomada: você, em busca de aperfeiçoamento, fará uma pós-graduação. Claro que, para isso, deve ter se planejado e já está bem informado quanto aos custos que deverá encarar nesta nova etapa de sua vida. Pode até já ter garantido uma bolsa de estudo. Não? Então tentaremos ajudá-lo aqui a avançar no caminho que escolheu.

A escolha da instituição de ensino

Embora pareça bastante óbvio, nunca é demais recomendar que você faça uma pesquisa minuciosa dos cursos oferecidos pelas instituições de ensino. Verifique a grade curricular, as instalações da faculdade, o currículo dos professores e o valor cobrado em cada uma delas.

Antes de tomar qualquer decisão, considere ainda outros fatores, como a distância de sua casa ou do seu trabalho até lá, a facilidade de acesso (seja de carro, ônibus, trem ou metrô) e a estrutura do local de ensino.

Custos a considerar

É importante destacar que, ao falarmos em custos, não nos referimos apenas ao aspecto financeiro, ou seja, aos investimentos que você terá que fazer. Existe ainda o esforço pessoal, não menos importante, que mexerá muito com sua rotina e exigirá de você disciplina e força de vontade.

Pense nas noites de estudo, nos fins de semana sobre os livros. Claro que tudo isso será recompensado, mas nunca é demais avisá-lo de que é preciso uma boa dose de preparo para encarar a nova fase.

O que muda em seu orçamento?

Ao pensar nas despesas, você deverá relacionar tudo: transporte, alimentação, matrícula, mensalidade, material didático são os principais.

Abordaremos os preços mais à frente. Partiremos primeiro para os outros itens:

Transporte

: caso você opte por utilizar seu carro, considere os custos de estacionamento, combustível e manutenção do veículo. Na utilização de transporte coletivo, calcule seu gasto considerando o valor do bilhete, para ida e volta.
Alimentação: embora pareça um detalhe, com o tempo você verá que os custos com pequenas refeições não serão poucos, ainda mais se você for direto do seu trabalho para a faculdade.
Material didático: lembre-se ainda que, por mais que pretenda economizar, existem os custos com os livros. Você pode pedir alguns emprestados, pode utilizar os serviços da biblioteca da faculdade, mas há sempre algo a comprar. Portanto, considere mais esta despesa.

Quanto se investe em uma pós-graduação?

PUBLICIDADE

Os preços variam muito de uma instituição para outra. Por este motivo, procuramos exemplificar apenas alguns cursos, para que possa ter uma idéia de quanto chegará a investir neste projeto.

O Senac-SP (www.sp.senac.br) possui 50 programas de pós-graduação Lato Sensu. O curso de Administração e Organização de Eventos, por exemplo, deve ser pago em 15 parcelas de R$ 580,00. A duração é de 12 a 24 meses.

Já o curso de Gestão em Desenvolvimento de Produto de Moda, também oferecido pelo Senac, tem o valor mensal de R$ 690,00, e é composto por 18 parcelas. Os interessados em cursar uma especialização em Ortodontia, pagarão 26 parcelas de R$ 850,00, por dois anos de curso.

Na categoria MBA, o programa focado em Estratégia e Operação em Tecnologia da Informação é de 17 parcelas de R$ 780,00.

Para os administradores em busca de mestrado, a FGV-EAESP (Escola de Administração de Empresas de SP, da Fundação Getúlio Vargas) – www.fgv.br – oferece duas modalidades: acadêmico e profissional. O curso pode ser concluído em dois anos, e seu valor mensal é de, em média, R$ 3 mil.

Cuidados na escolha

O prof. Richard Lucht, Diretor de Serviços da Pós Graduação da ESPM, alerta que todo interessado em cursar uma pós-graduação deve buscar opções que respeitem o seu momento dentro da carreira.

Existem cursos tanto para quem está iniciando agora a sua vida profissional quanto para quem está há bastante tempo no mercado. “O importante é ter consciência da necessidade de se manter constantemente informado, garantindo desta forma sua empregabilidade”.

Os cursos de pós-graduação na ESPM possuem, em média 15 meses de duração e custam, no total, de R$ 10.900,00 a R$ 16.100,00 (de R$ 726,00 a R$ 1.073,00).

Processo seletivo

PUBLICIDADE

Os critérios de seleção para se ingressar em uma pós-graduação variam um pouco de uma instituição para outra. Em geral, o candidato paga uma taxa de inscrição (algo entre R$ 50,00 e R$ 250,00). Submete-se a uma prova escrita, uma entrevista e uma dissertação.

Seu currículo é analisado, bem como toda a sua documentação, tal como histórico escolar, diploma ou declaração de conclusão do curso superior, dependendo da disciplina.

Não desanime!

Caso você tenha se surpreendido com os preços que utilizamos como base de comparação, e acredite ser impossível realizar o seu sonho, não desista!

Existem boas alternativas de seguir em frente, como por exemplo pleitear uma bolsa de estudo. Neste caso, você pode obter informações na própria faculdade onde pretende cursar sua pós-graduação. Algumas instituições possuem programas de bolsa em diversas modalidades do Lato Sensu ou Stricto Sensu.

O CNPQ (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), filiado ao MCT (Ministério da Ciência e Tecnologia), por exemplo, é destinado a apoiar os diversos segmentos da pesquisa brasileira. Seu site é www.cnpq.br.

Já os interessados em Administração e Economia podem buscar apoio no Fundo de Bolsas da FGV-EAESP, e no Projeto Estudar (www.estudar.org.br), que fornece bolsas dirigidas aos cursos de graduação em economia e administração, cursos de MBA no exterior e intercâmbio nestes segmentos.

Bom, você agora tem mais informações sobre o assunto. Nossa sugestão é que pesquise com calma e pense sobre a melhor alternativa de seguir em frente. Afinal, uma decisão como esta não se toma todos os dias, certo?