Quando o assunto é trabalho, satisfação é a prioridade entre os paulistanos

Equilíbrio entre trabalho e vida pessoal e boas condições de trabalho tiveram 33,29% e 30,49% das respostas

SÃO PAULO – Quando o assunto é trabalho, a satisfação é a principal prioridade entre os 12 mil paulistanos com mais de 16 anos entrevistados na pesquisa IRBEM (Indicadores de Referência de Bem-Estar do Município de São Paulo) realizada pelo Movimento Nossa São Paulo.

Entre os paulistanos que participaram da pesquisa, 41,03% priorizam a satisfação com o trabalho. Em segundo lugar, vem o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal, como prioridade lde 33,29% das pessoas. Em terceiro lugar, estão as boas condições de trabalho, com 30,49% das respostas.

A perspectiva de futuro/crescimento/carreira e a renda são prioridades de 30,02% e 27,21% dos paulistanos, respectivamente.

PUBLICIDADE

Outras prioridades
Acompanhe, na tabela abaixo, mais dados sobre as prioridades dos paulistanos em relação ao trabalho:

Prioridades relacionadas ao trabalhoRespostas
Oportunidades de formação22,03%
Ambiente de trabalho amigável21,85%%
Programas de geração de empregos20,17%
Exercer trabalho útil para a sociedade15,84%
Diminuição da jornada de trabalho15,58%
Distância até o trabalho15,01%
Incentivos para desenvolver o próprio negócio12,99%

Fonte: Movimento Nossa São Paulo

Trabalho na juventude
Segundo os resultados do IRBEM, a oportunidade do primeiro emprego é a principal prioridade para a juventude, com 57,08% de indicação entre os paulistanos. O acesso ao Ensino Técnico, Profissional e Ensino Superior está em segundo lugar no ranking, com 52,05%, segundo a tabela abaixo:

Prioridades para a juventudeRespostas
Oportunidade de primeiro emprego57,08%
Acesso ao ensino técnico, profissionalizante e universitário52,05%
Informação e prevenção ao uso de drogas38,39%
Espaços culturais e centros de juventudes nos bairros36,15%
Prevenção da gravidez na adolescência34,88%
Escolas mais atrativas33,87%
Policiais mais preparados no trato com a juventude26,52%
Garantia do direito à vida21,43%
Ampla oferta de transporte público noturno18,48%
Participação na política15,88%
Paz e solidariedade entre as tribos urbanas15,47%
Respeito e cordialidade entre torcidas de futebol10,20%

Fonte: Movimento Nossa São Paulo