Quais serão os desafios para o Recursos Humanos em 2008?

Analisando o que acontece no mundo e na economia do País, é possível concluir os dilemas que serão enfrentados pelas empresas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Brasil se encontra em um momento econômico interessante, em termos de oportunidades às empresas, acompanhando uma tendência mundial de competitividade acirrada crescente por uma fatia do mercado. A opinião é do sócio-diretor da HG Recursos Humanos, Evando Freitas de Sousa.

Por esse motivo, ele prevê que as empresas irão, literalmente, viver uma espécie de guerra de talentos. “A busca pelos melhores profissionais deve acontecer não somente para os cargos estratégicos, mas para os operacionais também”, adverte.

Como é o profissional disputado

Os aspectos comportamentais desses profissionais talentosos são tão importantes quanto seus currículos. “Os gestores de pessoas têm uma necessidade cada vez mais intensa de encontrar a pessoa certa para o lugar certo. E ela precisa ter atitude, visão, proatividade, foco em resultado, capacidade de se colocar no lugar do cliente, ser compromissada e saber trabalhar em equipe.”

Aprenda a investir na bolsa

Outros desafios para o Recursos Humanos são capacitar os colaboradores da empresa e dar condições para que eles obtenham o melhor rendimento. Tudo isso é fundamental, se a companhia deseja vencer a concorrência. “Com boas políticas internas, é possível reter os talentos”, analisa Sousa.

Para isso, ele diz que o funcionário deve se enxergar no futuro da organização. “Dê as pessoas perspectivas, por meio de um plano de carreira”, recomenda. O ambiente também deve ser motivo de cuidados.

“Todos devem se sentir bem no dia-a-dia e isso depende muito de como a liderança se comporta. A pressão é necessária, mas a forma como ela é feita faz a diferença. Um ambiente de trabalho ruim leva as pessoas a procurar outro emprego.”

Empresa de pequeno porte

Para as micro e pequenas empresas, manter seus melhores funcionários é um desafio ainda mais difícil de ser vencido, em comparação com as grandes instituições. “Quando uma companhia tem 30 funcionários, cada um deles é peça fundamental do quebra-cabeça.”