Quais são as caraterísticas de um líder sustentável?

Segundo professor, a liderança sustentável tem de ter: resultado, além de ações socialmente corretas, culturalmente aceitas e ecologicamente adequadas

SÃO PAULO – Liderar pessoas não é uma tarefa fácil. Entretanto, o gestor pode ter sucesso sendo sustentável. Durante o Fórum Mundial de Liderança e Alta Performance, realizado pela HSM, o professor de gestão de Carreiras da EAESP-FGV e da Fundação Dom Cabral, Luiz Carlos Cabrera, destacou que uma liderança sustentável é alcançada a partir de quatro componentes.

“Para ser um líder sustentável, o profissional precisa ter foco no resultado economicamente viável, justo e que promove a perenidade do negócio; promover ações socialmente corretas, com foco no crescimento das pessoas; promover ações culturalmente aceitas; e atuar no ambiente de forma ecologicamente adequada”.

Ações que visem resultados

De acordo com o professor, o líder precisa oferecer o melhor resultado, sendo justo e admirável. “O profissional tem de alcançar o seu resultado sem provocar a inveja em ninguém. Além disso, esse resultado tem de promover a perenidade do negócio, ou seja, o líder precisa encontrar o equilíbrio, atendendo bem os seus clientes, fornecedores, acionistas e a comunidade”.

PUBLICIDADE

Outro ponto fundamental que o líder deve estar atento é que ele não pode inventar uma estratégia de negócio. Assim, a estratégia de negócios da empresa tem de estar alinhada com a evolução do corpo social.

Ações socialmente corretas

Cabrera afirma ainda que outra característica importante para um líder sustentável é promover ações socialmente corretas, com foco no crescimento das pessoas.

“As pessoas ao redor do líder têm de crescer. O líder precisa também demonstrar um genuíno interesse pelas pessoas, ouvir atentamente os seus subordinados e estar disponível para conversar”.

Ensinar também é outra função que deve ser feita por um líder sustentável. “O líder precisa ser íntegro e construir uma relação de comprometimento com os seus colaboradores”, alerta Cabrera.

Ações culturalmente aceitas

A terceira ação que deve ser praticada por um líder sustentável está relacionada com a cultura da empresa, já que ele deve praticar e zelar pelos valores da companhia.

“O líder tem de mostrar como ele lida com a vida e faz os seus julgamentos. Dessa forma, seus valores precisam ter uma operacionalização, o que significa que ele tem de ter histórias para serem contadas e compartilhadas, evidenciando as suas ações com exemplos. Só assim seus colaboradores acreditarão na sua honestidade”, ressalta o professor

Ações ecologicamente adequadas

A última característica de um líder sustentável, segundo Cabrera, é que ele cuide de cada decisão empresarial, avaliando seu impacto ecológico.

“O líder precisa fazer o seu melhor e educar os seus colaboradores para fazerem o melhor. Outro ponto importante é que o líder precisa cuidar do ambiente hoje, sem inibir as gerações futuras de cuidar do futuro”.