Proposta do governo para reajuste do mínimo continua em R$ 545, afirma Dilma

A declaração foi feita durante visita ao Rio Grande do Sul, onde Dilma se encontrou com o governador Tarso Genro

Aprenda a investir na bolsa

Brasília – A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (28) que a proposta do governo para reajuste do salário mínimo continua em R$ 545.

A declaração foi feita durante visita ao Rio Grande do Sul, onde Dilma se encontrou com o governador do estado, Tarso Genro. De acordo com a Agência Brasil, a presidente ressaltou a importância de manter o acordo feito com as centrais sindicais, por meio do qual é calculada a correção do salário mínimo.

Reivindicações
Os representantes dos trabalhadores discutem com o governo o aumento do salário mínimo e uma correção de 6,46% na tabela do Imposto de Renda. A primeira reunião entre sindicatos e o ministro Gilberto Carvalho,  secretário-geral da Presidência da República, realizada na última quarta-feira (26), terminou sem acordo e um novo encontro foi marcado para o próximo dia 2, em Brasília.

Aprenda a investir na bolsa

Em nota, a Força Sindical comentou sobre o aumento do mínimo. “Reafirmamos nossa intenção em dialogar democraticamente com o governo e com o Congresso Nacional e lutar por um salário mínimo de R$ 580”, diz o comunicado.