Promoção para o lado, em vez de para cima, pode ser mais interessante

É normal que quem tenha vivenciado mais experiências e tenha se exposto a mais desafios tenha mais sucesso lá na frente

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Existe uma crença geral de que a promoção vertical é a única que interessa ou deveria interessar ao profissional. Não é verdade. “O crescimento lateral é um caminho natural”, explica o sócio-diretor da Search Consultoria em Recursos Humanos, Marcelo Braga.

Crescer lateralmente significa ser transferido para outra área e/ou desempenhar funções diferentes. Pode-se crescer “de lado” ao mudar de empresa, por exemplo. A principal vantagem é o ganho em termos de experiência e conhecimento. Futuramente, esse profissional tem muito mais chances de ocupar um cargo alto ou ainda de obter sucesso.

“Quando se fala em carreira, nada é uma regra, mas é normal que quem tenha vivenciado mais experiências e tenha se exposto a mais desafios tenha mais sucesso lá na frente”, opina Braga.

Quando a promoção lateral é tudo de bom

Aprenda a investir na bolsa

Supondo que seu chefe esteja impedindo sua promoção, porque o enxerga como um concorrente. “A promoção lateral é uma saída para não passar a vida inteira estagnado”, afirma o sócio-diretor da Search.

A forma como a notícia de promoção lateral é transmitida ao profissional também faz diferença. “É preciso deixar claro que ser promovido lateralmente não implica nenhum prejuízo para o profissional. Às vezes, precisamos dar um passo para trás para crescer no futuro. Raramente, as pessoas crescem apenas verticalmente”.

Quanto ao salário, Braga afirma que é possível ter aumento salarial na promoção lateral, assim como na mudança de emprego, que, na maioria das vezes, implica a promoção para o lado.