Programa do MEC oferece 147 cursos gratuitos de educação profissional

Cursos duram entre um e dois anos e somam 50 mil vagas a serem ofertadas por 250 instituições de ensino

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Jovens de todo o País contarão com a oferta gratuita de 50 mil vagas em cursos técnicos de nível médio, a distância, a partir de março. No total, são 147 cursos de educação profissional, entre os quais, informática, enfermagem, metalurgia, gestão do meio ambiente, agropecuária e turismo.

A iniciativa marca o surgimento do e-Tec Brasil (Sistema Escola Técnica Aberta do Brasil), programa que tem como prioridade expandir e democratizar a oferta de cursos técnicos de nível médio, especialmente na periferia das áreas metropolitanas.

O e-Tec Brasil faz parte do Plano de Desenvolvimento da Educação e irá investir, este ano, mais de R$ 75 milhões em cursos a distância de educação profissional.

Aprenda a investir na bolsa

Resultado de parceria entre as secretarias de Educação a Distância (Seed/MEC) e de Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC) e instituições públicas de ensino técnico, o programa tem como base a estrutura idealizada para o UAB (Sistema Universidade Aberta do Brasil).

Sobre os cursos

O Ministério da Educação ainda irá escolher os 250 estabelecimentos de ensino. Até o momento, foram pré-selecionados 288 pólos, que serão submetidos a avaliação in loco a partir de 3 de março. O resultado da avaliação indicará as escolas que iniciarão as atividades este ano.

A lista preliminar de cursos e pólos de apoio presencial aprovados pela Comissão de Seleção do MEC foi publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira (29).

Os cursos são gratuitos, têm duração média entre um e dois anos e contam com tutoria presencial e a distância oferecida em pólos de apoio. O processo seletivo dos alunos é de responsabilidade das instituições. É de responsabilidade do MEC financiar o material didático impresso e virtual, além de efetuar o pagamento de bolsas aos tutores.