AO VIVO Radar InfoMoney: Veja o que pode fazer o Ibovespa voltar a subir - se é que ele vai; assista ao programa desta sexta

Radar InfoMoney: Veja o que pode fazer o Ibovespa voltar a subir - se é que ele vai; assista ao programa desta sexta

Profissional: trazer os filhos para conhecer o escritório pode ser boa idéia!

Se a relação com seu filho está abalada por causa do excesso de trabalho, mostre a ele o motivo de sua ausência

SÃO PAULO – A relação entre pais e filhos muitas vezes é abalada pelo trabalho. Por conta da correria na empresa, as pessoas costumam dedicar grande parte do seu dia para conseguir realizar suas tarefas profissionais. Em contrapartida, diminuem o tempo que passam em casa, o que gera atritos.

De acordo com a consultora de desenvolvimento organizacional da Caliper, Luciana Zonta, trazer os filhos para conhecer o ambiente de trabalho é uma forma de diminuir esses conflitos.

“Os filhos muitas vezes não sabem porque os pais não estão presentes. Em alguns casos eles não sabem o que é trabalho. Quando os pais levam as crianças ao escritório, eles justificam a própria ausência. É uma forma de mostrar como aquilo é sério”, disse Luciana.

Motivação e interesse

PUBLICIDADE

É importante que nesse contato os adultos expliquem o que fazem, falando um pouco da rotina: onde almoçam, onde param o carro e outros detalhes. “As crianças ficam motivadas com tudo isso”, disse Luciana.

Apresente as pessoas. Mostre com quem você passa a maior parte do dia, já que a interação entre os colegas de trabalho e a família é bastante positiva para as relações profissionais: cria-se um vínculo mais forte e com mais respeito.

“Essa interação dos filhos no trabalho é sadia, já que ele passa a entender o trabalho dos pais e se interessa mais pelas atividades feitas pelo pai ou pela mãe”, afirmou.

Dicas preciosas

Além de levar seu filho para o escritório, existem outras dicas que podem fazer com que sua relação com ele não seja tão abalada pela ausência por causa do trabalho. Acompanhe:

  • prepare-se para cada fase de sua vida e de seu dia, para que possa se programar; concentre-se no que está fazendo;
  • cada pessoa tem um ritmo e isso deve ser respeitado. Elimine todo o tipo de estresse desnecessário controlando seu temperamento;
  • curta melhor cada momento em casa, aproveitando-o não somente em frente à TV, mas com filhos e esposa/marido;
  • peça ajuda quando precisar para que não se sinta sobrecarregado; não se cobre tanto, o que pode gerar ansiedade e frustração;
  • não sofra antecipadamente, pois é preciso lidar com uma questão de cada vez para que todas sejam bem feitas. Aprenda a administrar seus sentimentos, por mais que seja difícil;
  • por fim, converse bastante com sua família, peça colaboração e divida seus sonhos, o que fará com que as pessoas tenham prazer em participar de suas realizações.

Empresas

Para as empresas, a prática de promover um dia para a família, segundo Luciana, mostra que estão preocupadas não só com o profissional, mas com o que o motiva. Com isso, fideliza o funcionário e faz com que produza melhor.