Profissional: não se leve muito a sério e sofra menos de estresse

Manter o bom humor em situações adversas conta pontos. Ninguém gosta de trabalhar com gente que faz "cara feia"

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As empresas buscam equipes de alta performance e disso todo mundo sabe. O que nem todos sabem é que a simplicidade é o mais potente e eficaz instrumento que uma liderança pode usar para tal. “A simplicidade aproxima e atrai pessoas pelo seu poder de cativar”, argumenta o psicólogo e diretor de recursos humanos da Apsen Farmacêutica, Floriano Serra.

Manter o bom humor em situações adversas pode contar muitos pontos ao profissional. Afinal, ninguém gosta de trabalhar ao lado de gente que faz “cara feia”. Ao contrário do que se pensa, competência não está diretamente ligada à seriedade.

Ignore preconceitos e estereótipos

“Os sábios sempre se deram ao luxo de brincar. Lembram da famosa foto do Einstein com a língua de fora? E das espirituosas tiradas de Mark Twain? E o que dizer das travessuras do Patch Adams, com a terapia do riso? No entanto, cada um de nós conhece pessoas que se acham donas de verdades absolutas e pilares da seriedade, ostentando uma carranca de fazer inveja às do Rio São Francisco!”, diz o psicólogo.

Aprenda a investir na bolsa

“Todos sabemos que, na maioria das empresas, existem pessoas assim, quase sempre devido a uma má formação comportamental, ainda condicionada a preconceitos e estereótipos – como, por exemplo, acreditar que competência e poder estão vinculados à cara feia e seriedade.”

Ele finaliza lembrando que a seriedade impede que o profissional use sua capacidade criativa, ao passo que a simplicidade a libera e permite encontrar as soluções de problemas no trabalho que podem estar à nossa frente.