Nos EUA

Profissional de TI pode ganhar até US$ 5 mi por ano; veja lista dos mais bem pagos

Consultoria norte-americana listou as remunerações dos diretores de Tecnologia da informação mais bem pagos nos Estados Unidos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Um estudo da consultoria Janco Associates sobre os salários dos profissionais de TI (Tecnologia da Informação) mostra que um diretor da área, ou CIO (Chief Information Officer), pode ganhar até US$ 5 milhões em um ano.

A remuneração total milionária foi paga em 2012 ao CIO da P&G (Procter & Gamble), Filippo Passerini. O salário base de US$ 837,5 mil nem foi tão atrativo comparado aos bônus e benefícios, que totalizaram US$ 4,13 milhões. Com isso, Passerini liderou o ranking dos profissionais de TI mais bem pagos no ano nos Estados Unidos, seguido pelo CIO do FedEx, Rob Carter, que recebeu US$ 4,86 milhões entre bônus, salário base e benefícios.

Confira abaixo quem são os 15 profissionais de TI que receberam as remunerações mais generosas no ano passado:

ExecutivosCargos e empresaRemuneração total em 2012 (US$)*
*Somando salário base, benefícios e bônus 
Filippo PasseriniCIO da P&G4,95 milhões
Rob CarterCIO do FedEx4,86 milhões
Deb ButlerCIO e VP Executivo do Norfolk Southern 4,64 milhões
Anil CheriyanCIO e VP Executivo do Suntrust Banks3,7 milhões
Suren GuptaVP Executivo da Allstate3,56 milhões
Matt Carey CIO e VP Executivo da Home Depot 3,48 milhões
J. David ThompsonCIO e VP Executivo de Western Union 3,44 milhões 
Lori Beer VP Executivo da WellPoint 3,19 milhões
Dave Barnes CIO e VP Senior da UPS (United Parcel Service)3,13 milhões
Stephen Gillett VP Executivo da Best Buy Digital 2,96 milhões 
Ron Griffin CIO e VP Senior da AutoZone 2,73 milhões 
Juanell Hefner VP Senior da Health Net 2,69 milhões 
Lisa Bachman VP Executivo e COO (Chief Operating Officer) da Big Lots 2,53 milhões 
Donagh HerlihyCIO e VP Senior da Avon 2,2 milhões 
Elizabeth HackensonCIO e VP Senior AES Corp 1,55 milhões 

Aprenda a investir na bolsa

Faltam profissionais de TI no Brasil
A demanda de profissionais de TI no Brasil aumentou significativamente nos últimos anos. Segundo estudo da consultoria IDC, encomendado pela Cisco, a previsão é que 276.306 vagas sejam abertas para 199.819 profissionais até o final deste ano. Isso representa uma lacuna de 28%, ou 76.487 de mão de obra. Já para até 2015, a previsão é de que essa lacuna de profissionais capacitados chegue a 117,2 mil vagas, o que equivale a um excedente de 32% da oferta.

Segundo o estudo da IDC, a maior escassez ocorre na chamada rede essencial, como segurança, telefonia IP e redes sem fio, com uma lacuna de 23.643 profissionais ou 17%.