Motivação

Profissionais querem um líder motivador e íntegro, mostra estudo

Pesquisa mostra também que 49% dos subordinados gostam de gestores que saibam delegar, dar autonomia e cobrar resultados

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os profissionais buscam gestores motivadores, íntegros e que delegam funções. Essas foram as respostas dadas ao levantamento realizado pela Page Personnel que mostrou que 53,5% dos subordinados estão insatisfeitos com o seu gestor imediato.

Segundo a pesquisa, para 62,2% dos subordinados o líder deve ser motivador. A integridade de um comandante, que transmite honestidade e transparência, é qualidade essencial para 50,7% dos liderados. O gestor que sabe delegar, dar autonomia e cobrar resultados é apreciado por 49,9% dos entrevistados.

O percentual que valoriza um líder com visão estratégica é de 44,7%. Ser participativo é uma característica importante para 32,5% dos profissionais. A organização de um gestor é admirada por 24,9% dos liderados. Ter um líder carismático é o ideal para 23,4% dos subordinados.

Aprenda a investir na bolsa

Estilo de gestão
No estudo, os gestores também indicaram o estilo de trabalho que adotam e que julgam apropriado. Para 51,8%, a integridade é uma marca de sua gestão, outros 46,4% acreditam ter visão estratégica, já, os líderes participativos somam 45,8%.

O grupo de motivadores é de 41,2%. Delegar atividades, dar autonomia e cobrar resultados faz parte da gestão de 38,4%. Os líderes que se julgam carismáticos são 34,1%. A organização é lema para 20,5% dos gestores.

“Os gestores, em sua maioria, não estão atendendo às expectativas de seus comandados. A autocrítica dos líderes mostra que eles estão impondo um estilo de gestão que difere dos anseios de sua equipe. Quando isso acontece, o líder deve reavaliar seu trabalho e mudar o que for necessário para virar esse jogo”, enfatiza Picino.

Divergências
O estudo mostra divergências entre as práticas para aperfeiçoar a carreira entre subordinados e gestores. Para 55,3% dos subordinados manter diálogo e o feedback constante é a melhor maneira de obter um desenvolvimento prático, sendo que 41,9% dos liderados esperam pelo reconhecimento de seu trabalho.

Por sua vez, 40,4% acreditam que o gestor precisa treiná-los e fornecer coaching para decolarem profissionalmente. Estipular metas concretas e claras ao time é instrumento de melhoria no trabalho para 38,5%; um gestor que organiza e estrutura as funções da equipe é o ideal para 36,6% dos liderados.

Para 28,4% promover inovações e apoiar novas ideias é a ferramenta mais apropriada para alavancar carreira. Apenas 5% elegem a difusão dos valores e princípios da empresa como instrumento de promoção.

PUBLICIDADE

A visão do líder
Os líderes, por sua vez, têm percepções diferentes quanto às melhores práticas de gestão que podem ajudar a impulsionar o desenvolvimento de sua equipe. Gestores que mantém diálogo e feedback constantes somam 48,4%. Treinar e fornecer coaching é um bom método para 44,9%.

Estipular metas concretas e claras ao time faz parte do trabalho de 40,5% dos gestores. Líderes que organizam e estruturam as funções da equipe são 39,6%. Os que reconhecem o trabalho de seus liderados representam 31,7%. Promover inovação e apoiar novas ideias é prática a ser seguida por 30,2% dos gestores. Os simpatizantes à difusão dos valores e princípios da empresa somam 9,3%.