Profissionais mais velhos são os que mais utilizam as redes sociais no trabalho

A geração Y compartilha menos informações por meio de mensagem de texto do que os profissionais com 55 anos ou mais

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Quem acredita que os jovens da geração Y (entre 18 e 30 anos de idade) são os que mais utilizam as redes sociais no trabalho está enganado. Os profissionais entre 31 e 44 anos, integrantes da geração X, são os principais usuários desta ferramenta no ambiente corporativo.

Em seguida, aparecem as pessoas com 55 anos ou mais. É o que revela um estudo realizado com 797 profissionais pela Forrester Consulting, em parceria com a Citrix Systems.

De acordo com o levantamento, a geração Y compartilha menos informações por meio de mensagem de texto do que os profissionais com 55 anos ou mais, 26% contra 47%. Além disso, ela utiliza menos a videoconferência, o vídeo chat e ferramentas de conferência web. 

Aprenda a investir na bolsa

Negócios
Os dados indicam ainda que a geração Y usa as redes sociais com menor frequência para realizar negócios, com 40% de incidência, contra 50% dos profissionais com 55 anos ou mais.

Este profissionais, conhecidos como Olders Boomers, têm aumentado a utilização comercial dos meios de comunicação social. Na comparação com o ano passado, o crescimento apresentado foi de 79%.

“Sabemos por experiência própria que as pessoas estão cada vez mais utilizando a tecnologia para ajudá-las a colaborar com os colegas e clientes a muitas milhas de distância”, declarou o vice-presidente e gerente-geral de Marketing Global da Citrix Online, Bernardo de Albergaria.