Profissionais de compras estão cada vez mais fortes nas empresas

Tarefas como expedição e acompanhamento de pedidos já foram automatizadas; novo profissional deve saber negociar

SÃO PAULO – A fórmula mais simplificada para que qualquer empresa obtenha lucro, é manter os custos sempre a níveis menores que as receitas recebidas. É claro que, por trás de toda esta simplicidade, existe uma série de tomadas de decisões por parte dos empresários, para que cheguem a um resultado mais satisfatório possível.

E já que estamos falando em redução de custos, o profissional de compras tem tudo a ver com o assunto. Afinal, grande parte dos custos das empresas decorre da compra de matéria-prima, produtos e serviços. Nestes termos, quanto mais se consegue economizar com estes gastos, maior o lucro da empresa.

Atuação estratégica das empresas

As compras de uma empresa hoje são diretamente relacionadas aos clientes, tendo em vista que normalmente envolvem novas soluções. Por esta razão, a área que antes era vista apenas como suporte (expedição e acompanhamento de pedidos), agora ganha atenção especial dentro das organizações.

PUBLICIDADE

Trata-se não somente de compras materiais pelos profissionais de compras, mas de valor, qualidade e diferencial. O mercado atual enxerga o profissional como peça chave na parte mais estratégica do negócio.

Exemplo disto são os leilões reversos que acontecem no mundo virtual: o comprador informa quanto quer pagar por determinado produto ou serviço, e os fornecedores se desdobram para fazer as melhores propostas. Com isto, no lugar de uma boa compra, é possível se desenvolver bons fornecedores, que garantirão resultados no longo prazo, dado o relacionamento mais duradouro.

Cliente internos também servem de parâmetro

E não é apenas externamente que a estratégia deve ser trabalhada. Mesmo dentro da empresa, os chamados clientes internos, de outros departamentos, podem contribuir, e muito, para a área de compras, identificando a demanda por determinados produtos e serviços.

O CPO (Chief Procurement Officer), como tem sido reconhecido o profissional de compras, deve ser, antes de qualquer coisa, um grande negociador. Empregado e empregador só terão a ganhar com o esforço!