Profissionais com maior sensibilidade social são mais inteligentes, diz pesquisa

Sensibilidade social pode ser definida pela maneira com que as pessoas percebem as emoções dos outros

SÃO PAULO – A inteligência de uma equipe de trabalho é influenciada por quão bem as pessoas trabalham em conjunto. É o que revela um estudo realizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts, em parceria com as universidades Union College e Carnegie Mellon.

Os pesquisadores afirmam que as pessoas que apresentaram sensibilidade social são as mais inteligentes coletivamente. A sensibilidade social pode ser definida pela maneira com que os profissionais percebem as emoções dos outros membros do grupo. 

O estudo indica ainda que os grupos em que havia uma pessoa dominada, a equipe era menos inteligente.

PUBLICIDADE

Metodologia
Para chegar a estas conclusões, os pesquisadores analisaram 699 pessoas que foram distribuídas em grupos de dois a cinco integrantes. Os participantes trabalharam em conjunto em tarefas como montagem de quebra-cabeça e negociação.

O desempenho dos grupos não foi afetado pelas habilidades individuais. O estudo afirma que a inteligência média e máxima de membros da equipe não reflete no desempenho de seu grupo em geral.

Mulheres
Os grupos com maior número de mulheres apresentaram maior sensibilidade social e inteligência coletiva, na comparação com grupos com menos entrevistadas. Os pesquisadores explicam que isso ocorre porque o sexo feminino tem maior facilidade em lidar com as emoções de outras pessoas.