Profissionais brasileiros se sentem estimulados com troca de conhecimento

Pesquisa revela que 63% dos executivos se sentem mais felizes em empresas onde se pratica compartilhamento de habilidades

SÃO PAULO – A maioria dos profissionais se sente mais feliz e estimulada em empresas onde se pratica o compartilhamento do conhecimento e das habilidades entre os integrantes das equipes.

Essa foi a conclusão da última pesquisa realizada pelo Grupo Regus, que entrevistou mais de 17 mil pessoas, de 80 países, incluindo executivos do Brasil. Dos profissionais brasileiros, 63% afirmaram que esse tipo de compartilhamento é essencial para manter um ambiente de trabalho agradável.

Um clima feliz e estimulante é também em boa parte decorrente do respeito com que as pessoas se tratam. Cerca de 47% dos entrevistados afirmaram ser importante um ambiente onde todas as pessoas se tratam com respeito.

PUBLICIDADE

Reconhecimento
Na sequência, 40% afirmaram que valorizam o reconhecimento verbal do trabalho e 39% disseram que um clima agradável acontece se as pessoas oferecem ajuda aos colegas que estão claramente sobrecarregados ou com problemas.

De acordo com o diretor-geral da Regus no Brasil, Guilherme Ribeiro, o resultado da pesquisa mostra que medidas simples e que não exigem investimento podem fazer grande diferença para a autoestima dos profissionais. É possível observar que a cortesia e a gentileza são qualidades cada vez mais valorizadas em um ambiente corporativo de sucesso.

Ribeiro também pondera que é importante que os profissionais conheçam seus colegas, além de respeitar e reconhecer seus trabalhos. Como as pessoas passam cada vez mais horas trabalhando, isso faz com que seja fundamental, em termos de satisfação pessoal, conhecer o caráter dos colegas com quem se passa tantas horas.