Produção industrial ficará estável no terceiro trimestre, segundo o Sistema Indústria

O crescimento em agosto compensou a retração de julho e setembro deve manter estabilidade

SÃO PAULO – A atividade industrial brasileira deve apresentar sinais de acomodação no terceiro trimestre, segundo a CNI (Confederação Nacional da Indústria), tendo registrado crescimento apenas da produção de bens não-duráveis, com destaque para a gasolina e os produtos farmacêuticos.

De acordo com o boletim Notas Econômicas da Confederação Nacional da Indústria, divulgado nesta segunda-feira (24), os meses de julho e agosto, juntos, têm estabilidade em relação ao segundo trimestre, já que em agosto houve expansão de 1,1% em relação a julho, que teve retração de 1,9% em relação a junho. O esperado para o mês de setembro é que a produção continue estável.

Menores investimentos e créditos à pessoa física

Para o quarto trimestre, os economistas do Sistema Indústria (CNI, Sesi, SENAI, IEL) acreditam que a atividade industrial poderá crescer. Mas a tendência para o terceiro trimestre é mesmo de estabilidade, já que houve um desaquecimento generalizado da produção industrial.

PUBLICIDADE

Tanto a produção de bens de capital com o a produção de bens de consumo duráveis tiveram nítida desaceleração, afirmam os analistas do Sistema Indústria. A primeira pode sinalizar a redução de investimentos e a segunda pode estar relacionada à redução do ritmo de concessões de crédito à pessoa física.

Produção de bens não duráveis cresceu para exportação

Já a produção dos bens duráveis foi impulsionada pelo aumento das exportações de álcool e gasolina, que cresceram 3,6% na média de julho e agosto, e de produtos farmacêuticos, com crescimento de 7,5% no mesmo período.

O que os analistas ressaltam é que esses aumentos não refletem a demanda interna e, portanto, não significam que houve algum acréscimo na renda do trabalhador. Nesse sentido, dizem ainda que a produção de itens diretamente relacionados ao salário, como bebidas, alimentos e produtos de limpeza e vestuário tiveram queda.