Procon: preço da comida por quilo aumentou 9,24% em um ano, aponta estudo

A diferença entre o maior e o menor preço atingiu 121,36% nos dias comerciais, 100,92% aos sábados e 77,52% nos domingos

SÃO PAULO – Almoçar fora está se tornando cada vez mais caro. Segundo levantamento do Procon-GO, em um ano a variação dos preços da comida por quilo foi de 9,24% de segunda a sexta, 9,66% aos sábados e 6,21% aos domingos e feriados.

A diferença entre o maior e o menor preço atingiu 121,36% nos dias comerciais, 100,92% aos sábados e 77,52% nos domingos e feriados. Um destaque positivo foi o chope (300 ml), que ficou 20,69% mais barato.

Já a diferença de preço do produto entre um estabelecimento e outro alcançou 106,67%. No caso dos refrigerantes, houve aumento de 3,42% para as garrafas de 290 ml, 7,21% para as de 600 ml e 13,25% para as de 2 litros. As cervejas, por sua vez, aumentaram 5,56% (600 ml) e 0,80% (lata 350 ml).

Como comer bem sem gastar muito?

PUBLICIDADE

Para o titular do Procon-GO, Antônio Carlos de Lima, os consumidores devem ter sempre o saudável hábito de pesquisar os preços e a qualidade dos produtos e serviços comercializados.

“A variedade de pratos disponíveis, a localização, a sofisticação e a qualificação profissional dos funcionários influem diretamente nos preços dos produtos e serviços oferecidos. É preciso analisar todos esses itens e escolher o lugar que se adeque às suas necessidades”, aponta Lima.