Previdência Social pagou 23,7 milhões de benefícios em abril deste ano

Valor médio dos benefícios foi de R$ 718,32. Quase 70% dos beneficiários, no entanto, recebem um salário mínimo

SÃO PAULO – A Previdência Social pagou, no mês de abril deste ano, 23,722 milhões de benefícios, incluindo previdenciários e acidentários. Segundo balanço divulgado nesta sexta-feira (4), na comparação com o mesmo mês de 2009, o número de benefícios cresceu 3%.

Considerando apenas as aposentadorias, o total foi de 15,236 milhões – 3,9% a mais que os aposentados existentes em abril do ano passado.

Valor médio
Desde 2003, o valor médio dos benefícios pagos no primeiro quadrimestre deste ano cresceu 34%, atingindo R$ 718,32. A maior parte dos benefícios (69,6%) tinham valor de até um salário mínimo, contingente de 19 milhões de beneficiários diretos.

Quase metade dos benefícios pagos na área urbana (47,5%) era de um salário mínimo (7,4 milhões de pessoas). Na área rural, devido às regras próprias da previdência rural, 99,3% dos benefícios são de até um salário mínimo, o que representa cerca de oito milhões de beneficiários diretos.

A Previdência Social registrou um deficit de R$ 2,446 bilhões em abril deste ano, puxado pelas contas no setor rural, que fecharam em R$ 3,3 bilhões negativos. O setor urbano, por sua vez, teve um resultado positivo de R$ 854,7 milhões.